Valorização social

As ações desenvolvidas realizam-se a partir de programações que lidam com aspectos diversos da cultura, com o objetivo de contribuir para a inserção produtiva, valorizando e difundindo saberes relativos ao trabalho.

Partindo de diagnósticos acerca dos interesses e/ou necessidades locais, as atividades transitam por temáticas relativas a alimentação, moda, design, artesanato, artes cênicas, artes visuais, música, tecnologias da informação, gestão de pequenos negócios, cooperativismo etc. por meio de cursos, palestras e oficinas. Tais conteúdos organizam-se com base em três linhas de ação: desenvolvimento de habilidades, com enfoque no conhecimento e fazer prático; difusão de saberes, promovendo o encontro de pessoas e grupos e incentivando a troca de experiências sobre ofícios, práticas culturais e tecnologias sociais; e fomento ao desenvolvimento de projetos sociais, contribuindo com processos de capacitação em torno de formas de organização social, aproximando gestores, técnicos, educadores e/ou voluntários atuantes em instituições sociais.