Questão Social das Drogas – encontro virtual

05/02/2021

Compartilhe:

Em meio a diversos aspectos relacionados ao sofrimento psíquico, à desigualdade social e ao racismo, é fundamental a discussão crítica sobre temáticas associadas às drogas e às políticas públicas dirigidas ao seu uso e proibição. Além disso, conhecer práticas de assistência social, saúde, e a atuação de instituições e coletivos voltados à redução de danos, são formas de refletir sobre caminhos para promover olhares sensíveis e o respeito aos direitos humanos.

Abordando o assunto, o Sesc São Paulo promoveu, em seu canal no Youtube, o bate-papo virtual Questão Social das Drogas. O encontro contou com a participação de:  Maria Angélica Comis, redutora de danos, psicóloga, mestre em psicobiologia pela UNIFESP, especialista em medicina comportamental e terapia cognitiva comportamental, professora universitária, coordenadora geral e de advocacy do Centro de Convivência É de Lei e ex-assessora de políticas públicas sobre álcool e drogas do município de São Paulo; Tamara Neder Collier, assistente social, coordenadora do Projeto de Redução de Danos do SAE Campos Elísios e mestra em Drogas e Direitos Humanos pela PUC e Marcio Farias, psicólogo, mestre e doutorando em Psicologia Social pela PUC. Professor convidado do Celacc ECA/USP, organizou o livro Violência e Sociedade: racismo como estruturante da sociedade e da subjetividade do povo brasileiro. A Mediação e apresentação ficou por conta de Michael Anielewicz, sociólogo e animador cultural do Sesc Bom Retiro.

Confira o bate-papo na íntegra:

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.