Cinemateca Brasileira exibe cópias especiais em película 35mm de filmes nacionais

10/11/2022

Compartilhe:

Toda Nudez Será Castigada, de Arnaldo Jabor, é um dos destaques da programação

De 10 de novembro a 6 de dezembro de 2022, o Sesc São Paulo e a Cinemateca Brasileira realizam a “Mostra 1972 – 50 Anos Depois”, oferecendo aos públicos a oportunidade de ver ou rever filmes brasileiros e estrangeiros que marcaram época e foram lançados nos cinemas do país há 50 anos. Dividida em duas partes, a mostra acontece de 10 a 20 de novembro, na Cinemateca, com a exibição de 20 títulos nacionais, e de 28 de novembro a 6 de dezembro, no CineSesc, com a programação internacional de 16 filmes. Quem estiver fora de São Paulo poderá acompanhar a mostra pela plataforma Sesc Digital, que contará com 6 longas-metragens, para assistir gratuitamente de todo território nacional, até dia 9 de dezembro.

A seleção nacional apresentada na Cinemateca Brasileira reúne desde clássicos até filmes pouco conhecidos ou vistos com o sucesso de crítica e público “Toda Nudez Será Castigada”, em homenagem ao cineasta Arnaldo Jabor, morto em 2022. Vencedor do primeiro Festival de Gramado, o filme também ganhou o Urso de Prata no Festival de Berlim e foi a quarta maior bilheteria daquele ano. Na lista estão também “Quando o Carnaval Chegar”, de Cacá Diegues, “S. Bernardo”, de Leon Hirszman, “Corrida Em Busca do Amor”, de Carlos Reichenbach, “As Deusas”, de Walter Hugo Khouri, e “Quando os Deuses Adormecem”, de José Mojica Marins. Confira abaixo a programação completa.

MOSTRA 1972 – 50 ANOS DEPOIS

CORRIDA EM BUSCA DO AMOR (Exibição em 35mm)
Dir.: Carlos Reichenbach | Brasil | 1972 | 94 min | Ficção | Cor | 14 anos

Duas oficinas mecânicas concorrentes, uma rica e outra pobre, participam anualmente de uma modesta corrida de carros usados. Seus líderes não só estão interessados no prêmio em dinheiro como disputam entre si as atenções da jovem filha do patrocinador do evento. 
12/11, SÁBADO, ÀS 16H

O GRANDE XERIFE
Dir.: Pio Zamuner | Brasil | 1972 | 97 min | Ficção | Cor | 12 anos

Em uma cidade do interior, uma quadrilha mata o delegado e nomeia um carteiro o novo xerife do local. Em meio a muitas trapalhadas, ele acaba desmascarando o chefe do bando e prendendo os malfeitores.
13/11, DOMINGO, ÀS 16H

TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA (Exibição em 35mm)
Dir.: Arnaldo Jabor | Brasil | 1972 | 103 min | Ficção | Cor | 16 anos

Herculano jurara amor eterno à sua falecida esposa, mas após conhecer a prostituta Geni sua promessa torna-se um fardo insuportável e sua angústia converte-se em amor louco. Serginho, filho de Herculano, acrescenta camadas extras ao drama do pai. Uma gravação desesperada de Geni revela toda a história subterrânea do casal.
10/11, QUINTA, ÀS 20H
20/11, DOMINGO, ÀS 16H

SESSÃO DE CURTAS/MÉDIAS-METRAGENS

SENTENÇA DE DEUS
Dir.: Ivan Cardoso | Brasil | 1972 | 20 min | Ficção | Cor, PB, | 18 anos

Nas palavras do diretor: um judeu sádico tortura um empregado anormal que é mantido no cativeiro por ter possuído em pleno velório a sua filha única, no dia de sua morte. Parte da série de filmes realizados em super-8 intitulada Quotidianas Kodaks.

OMNIBUS (Exibição em 16mm)
Dir.: Sérgio Bianchi | Brasil | 1972 | 16 min | Ficção | PB | 12 anos

Estreia de Sérgio Bianchi na direção cinematográfica, baseado em um dos contos de Bestiário de Júlio Cortázar. Uma mulher e um homem sentem-se deslocados por não portarem na lapela uma flor como todos as outras pessoas da cidade.

MIGRANTES (Exibição em 16mm)
Dir.: João Batista de Andrade | Brasil | 1972 | 7 min | Ficção | PB | Livre

Moradores e comerciantes do Parque Dom Pedro reclamam da presença de marginais que se abrigam sob os viadutos. O filme apresenta uma entrevista com Sebastião, chefe de uma dessas famílias que, como milhares de outros migrantes que construíram São Paulo, fogem da miséria no campo em busca de uma vida melhor na metrópole.

ACABA DE CHEGAR AO BRASIL O BELLO POETA FRANCEZ BLAISE CENDRARS (Exibição em 16mm)
Dir.: Carlos Augusto Calil | Brasil | 1972 | 42 min | Ficção | Cor, PB | Livre

Reconstituição, através de fotos, filmes e textos, da chegada ao Brasil do poeta Blaise Cendrars, em 1924, convidado pelos modernistas para avalizar o movimento de renovação da arte no país.
11/11, SEXTA-FEIRA, ÀS 18H

AS DEUSAS
Dir.: Walter Hugo Khouri | Brasil | 1972 | 94 min | Ficção | Cor | 18 anos

Ângela apresenta problemas psicológicos e busca isolamento a conselho de Ana, sua médica. Acompanhada do marido, Paulo, viaja para uma remota casa de campo no interior de São Paulo. Ângela não se sente bem e solicita a presença da médica, desencadeando relacionamentos inesperados.
11/11, SEXTA-FEIRA, ÀS 20H

O MUNDO DE ANÔNIMO JR. (Exibição em 16mm)
Dir.: Aron Feldman | Brasil | 1972 | 90 min | Ficção | Cor, PB | 16 anos

Anônimo Jr, considerado louco, foge do hospício e se esconde em um jazigo do cemitério. Os enfermeiros-repressores continuam, no entanto, em seu encalço, para impedi-lo de ameaçar a sociedade.

12/11, SÁBADO, ÀS 18H

QUANDO OS DEUSES ADORMECEM (Exibição em 35mm)
Dir.: José Mojica Marins | Brasil | 1972 | 82 min | Ficção | Cor, PB | 18 anos

Quando os deuses se recolhem, as forças do mal aproveitam para subjugar a terra. Antes de se entregarem ao merecido sono, os deuses preveem a dissolução moral da humanidade e determinam que seu delegado, Finis Hominis, permaneça acordado para manter a ordem no mundo, corrigindo falhas que porventura ocorram durante o sono divino.

12/11, SÁBADO, ÀS 20H

OS DESCLASSIFICADOS
Dir.: Clery Cunha | Brasil | 1972 | 92 min | Ficção | Cor | 16 anos
Berto é um rapaz que leva uma vida tranquila na esperança de herdar a fortuna de seu milionário pai. Quando ganha uma nova, jovem e linda madrasta, apaixona-se perdidamente por ela. Ao descobrir que ela mantém um caso fora do casamento, faz de tudo para eliminar o concorrente, culminando em um assalto a banco e seu consequente cerco policial.
13/11, DOMINGO, ÀS 18H

A FACA E O RIO (Exibição em 4k)
Dir.: George Sluizer | Brasil | 1972 | 91 min | Ficção | Cor | 16 anos
João casa-se com Maria, 40 anos mais nova que ele, mas não consegue realizar seu sonho de engravidá-la. O desvario de sua paixão manifesta-se progressivamente por meio de ciúmes injustificados. Ele parte então para a Amazônia com o propósito de enriquecer para compensar a enorme diferença de idade que existe entre os dois.
13/11, DOMINGO, ÀS 20H

O ANJO NEGRO
Dir.: José Umberto | Brasil | 1972 | 83 min | Ficção | Cor | 16 anos
Hércules, latifundiário e juiz de futebol, reside com a mulher, o sogro, sobrinhos e duas empregadas num casarão colonial, em Salvador. Ele está em crise profissional e conjugal, quando surge misteriosamente Calunga, emissário negro ligado aos exus. Calunga, com sua força dionisíaca, fascina a todos e liberta-os de seus preconceitos.
17/11, QUINTA-FEIRA, ÀS 18H

QUANDO O CARNAVAL CHEGAR
Dir.: Cacá Diegues | Brasil | 1972 | 103 min | Ficção | Cor | 14 anos

Uma trupe de cinco artistas viaja pelo Brasil num ônibus colorido. Em meio a diversas crises profissionais e amorosas nos bastidores, surge a possibilidade de uma grande apresentação.

17/11, QUINTA-FEIRA, ÀS 20H

IMAGENS
Dir.: Luiz Rosemberg Filho | Brasil | 1972 | 69 min | Ficção | PB | 16 anos

Experiência radical de protesto político, o filme encena atos de tortura e horror como reação ao sombrio ambiente político brasileiro, em que o AI-5 endurecia ainda mais a repressão no país imposta pela ditadura militar que ocupava o poder desde o golpe de 1964.
18/11, SEXTA-FEIRA, ÀS 18H

CÂNCER (Exibição em 2k)
Dir.: Glauber Rocha | Brasil | 1972 | 86 min | Ficção | PB | 14 anos

No Rio de Janeiro, em meio à turbulência política, um negro carioca, malandro típico, encontra-se com o receptador de seus pequenos golpes. Entre eles, move-se de modo escorregadio uma loura sensual, que oferece seus carinhos alternadamente a ambos.
18/11, SEXTA-FEIRA, ÀS 20H

INDEPENDÊNCIA OU MORTE

Dir.: Carlos Coimbra | Brasil | 1972 | 108 min | Ficção | Cor | 12 anos
Biografia do imperador Dom Pedro I que aborda desde sua infância até a abdicação do trono, em 1831, com destaque aos fatos que culminaram no Grito do Ipiranga e ao comportamento amoroso e aventureiro do personagem.
19/11, SÁBADO, ÀS 18H

CASSY JONES: O MAGNÍFICO SEDUTOR
Dir.: Luiz Sérgio Person | Brasil | 1972 | 94 min | Ficção | Cor | 16 anos

Cassy Jones, um sedutor inveterado amado por todas as mulheres, está esgotado de tantos relacionamentos. Em decorrência de sua crise, sofre um fracasso sexual. Decide então focar em um relacionamento único, mas a vedete Clara exige dele uma dedicação inédita.
19/11, SÁBADO, ÀS 20H

OS INCONFIDENTES (Exibição em 35mm)
Dir.: Joaquim Pedro de Andrade | Brasil | 1972 | 80 min | Ficção | Cor | 12 anos

História da conspiração de uma elite social para libertar o Brasil da opressão portuguesa no fim do século XVIII. O alferes e suboficial Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, é o mais disposto do grupo a levar às últimas consequências a sonhada revolução.
20/11, DOMINGO, ÀS 18H

S. BERNARDO (Exibição em 35mm)
Dir.:  Leon Hirszman | Brasil | 1972 | 114 min | Ficção | Cor | 10 anos

Paulo Honório, um pequeno negociante, consegue tomar a fazenda S. Bernardo das mãos de seu inepto proprietário, Luís Padilha. Porém ao casar-se com Madalena, de quem deseja a posse total, tudo se estilhaça. A dificuldade em racionalizar o amor colocará em xeque sua própria visão de mundo.
20/11, DOMINGO, ÀS 20H

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.