Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

8 filmes premiados em festivais para você ver em casa

Parasita (Foto: Divulgação)
Parasita (Foto: Divulgação)

Devido ao enfrentamento contra o novo coronavírus, a melhor opção para que evitemos a propagação da doença é o isolamento social. Por isso, convidamos todos a ficarem #EmCasaComSesc, com muito estímulo artístico nessa quarentena. A sétima arte, por exemplo, é uma de nossas aliadas.

No mês de abril, o Sesc Sorocaba preparou uma programação especial do projeto CineCafé, trazendo filmes contemporâneos premiados em diversos festivais pelo mundo e filmes que se destacam pela construção de seu roteiro. Então separe sua pipoca e curta esses longas de sucesso com a gente! 

Com a história de Justino, um indígena que vive e trabalha no centro industrial de Manaus, e sua única filha, Vanessa, que tem o sonho de cursar medicina na Universidade de Brasília, temos a A Febre - filme dirigido pela carioca Maya Da-Rin. Entre as situações, os personagens são acometidos por uma febre repentina e pelo aparecimento de estranhas criaturas que tomam conta do sono e do noticiário local. A história explora os limites do real e do imaginário. 

 

 

Se você quer uma trama cheia de tensões, conflitos e questionamentos aos padrões sociais, o filme sueco-dinamarquês Rainha de Copas te apresenta a história de Anne, uma advogada do direito das crianças e dos adolescentes, mãe de gêmeas, esposa de Peter e madrasta de Gustav, que se compromete com sua vida profissional e pessoal após criar uma relação estreita com seu jovem enteado. 

 

 

Já em um cenário cheio de consequências da brutalidade da Segunda Guerra Mundial, Uma Mulher Alta mostra Iya e Masha, jovens russas que buscam reconstruir suas vidas na Leningrado, enfrentando muitos traumas. 

 

 

O grande vencedor do Oscar de 2020 também compõe a nossa lista. A ficção sul-coreana Parasita aborda a história da família pobre Ki-taek que, após um de seus membros começar a dar aula de inglês a uma garota rica, se deslumbra pela vida luxuosa da família dessa aluna. Os Ki-taek bolam, então, um plano para se infiltrar na casa burguesa, mas, nessa trajetória, todos sofrem com mentiras e segredos atrelados à busca pela ascensão social. 

 

 

Um grande clássico brasileiro na lista é o longa Cidade de Deus. Em meio ao violento cenário da favela carioca, o personagem Buscapé tenta escapar de um destino criminoso a partir de seu talento com a fotografia. O jovem registra o dia a dia da comunidade, com muitos acontecimentos envolvendo o ambicioso traficante Zé Pequeno. 

 

 

O Cheiro do Ralo é um filme sobre Lourenço, dono de uma loja de penhores e um explorador, com muito prazer, das pessoas que enfrentam dificuldades financeiras. Muito incomodado com o cheiro fedorento do ralo de seu escritório, Lourenço vai passando por situações na mesma medida em que o cheiro do ralo aumenta. 

 

 

Com A História da Eternidade, você conhecerá Alfonsinha, uma jovem de 15 anos e a única mulher da família, que sonha em conhecer o mar; Querência, na casa dos 40 anos, que se desencontrou do amor depois de sua viuvez; e Das Dores, mulher já idosa, que recebe o neto vindo de São Paulo após enfrentar muitos obstáculos. Personagens que compartilham sentimentos e sobrenomes no sertão nordestino. 

 

 

Para fechar as indicações, temos o aclamado Que Horas Ela Volta?, protagonizado por Regina Casé, intérprete de Val - uma paraibana que deixa sua filha no Nordeste e vai trabalhar como empregada doméstica em São Paulo. Depois de 13 anos, a filha pede ajuda à Val para se instalar em São Paulo com o objetivo de prestar vestibular em arquitetura. Os patrões de Val, então, recebem a jovem em casa, mas a convivência se faz difícil. 

 

Os títulos estão disponíveis nas principais plataformas de streaming. Boa sessão! 

Outras programações

Cinema e vídeo

O Melhor Professor da Minha Vida (LEG) + Peripatético (Curta)

O Melhor Professor da Minha Vida (LEG) + Peripatético (Curta)

SESC Parque Dom Pedro II

à venda na unidade a partir de
29/09

Saiba mais