Sesc SP

Matérias da edição

Postado em

Museu Memória do Bixiga

Foto: Leila Fugii
Foto: Leila Fugii

Na região central de São Paulo, um casarão centenário na Rua dos Ingleses se tornou morada de capítulos da história de um dos endereços mais tradicionais de São Paulo: o Bixiga. Na parte alta do bairro, uma casa abandonada foi restaurada por voluntários do Museu Memória do Bixiga, que transformaram o espaço na nova sede da instituição. Fundado em 1981 pelo agitador cultural Armando Puglisi (1931-1994), o Mumbi dedica-se a preservar a memória afetiva dessa região da cidade para onde se dirigiu grande parte dos imigrantes italianos.

Tombada pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), a casa de fachada amarela, nº 118, provê infraestrutura para o acervo de mais de mil itens. São objetos, recortes de periódicos, eletrodomésticos, fotografias e outros relicários. Peças que contam episódios da vida e do dia a dia do bairro fundado em 1878.

Mais espaçosa que a primeira sede, nela moradores e turistas são convidados a entrar numa máquina do tempo. Entre alguns achados dispostos no térreo do casarão estão: uma geladeira de mais de um século, correspondências de combatentes da Segunda Guerra Mundial, e até mesmo um par de luvas do veterano pugilista Pedro Galasso, “O Piranha”, outrora morador do bairro.

 

Almanaque Paulistano - Revista E Setembro


Memória e música

Um acervo, em especial, é o que mais desperta frisson. Uma singela gravata borboleta, uma echarpe, um chapéu e um isqueiro de ninguém menos que Adoniran Barbosa (1910-1982) ficam guardados em um expositor de vidro e madeira em frente à escadaria. Mesmo sem ter residido no bairro, era por ele que o compositor flanava e escrevia canções que marcariam para sempre a memória do Bixiga.
 

Domingo nós fumo num samba no Bexiga
Na Rua Major, na casa do Nicola
À mezza notte o’clock
Saiu uma baita duma briga
Era só pizza que avuava junto com as brachola (...)

(Um Samba no Bixiga, de Adoniran Barbosa)



Serviço
Museu Memória do Bixiga – Mumbi
Rua dos Ingleses, 118, Bixiga
(A estação de metrô mais próxima é a Brigadeiro)
www.facebook.com/museudobixiga
Visitação (gratuita) com agendamento por inbox no Facebook. 

 


:: @sescrevistae | facebook, twitter, instagram

Fotos relacionadas

Outras programações