VISTA. Foto: Renato Mangolin
VISTA. Foto: Renato Mangolin

VISTA

Com Polifônica (RJ)

Avenida Paulista

Duração: 80 minutos

A16

atividade presencial

Local: Arte II (13º andar)

Venda de ingressos online a partir de 23/5, às 12h, e 24/5, às 17h, nas bilheterias das unidades.

VISTA. Foto: Renato Mangolin
VISTA. Foto: Renato Mangolin

Nova criação da Polifônica, “VISTA” é um solo que articula teatro, vídeo e música ao vivo para recriar em cena a obra “Vista chinesa”, de Tatiana Salem Levy — finalista dos prêmios Jabuti, Oceanos e São Paulo de Literatura 2022.

Com atuação de Julia Lund e direção de Luiz Felipe Reis, a peça constrói sua encenação a partir de um episódio real: um estupro ocorrido à luz do dia em um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro, a Vista Chinesa, às vésperas das Olimpíadas de 2016.

A montagem gira em torno de um contundente relato, em primeira pessoa, desta experiência de violência sexual, acompanhando seus diferentes desdobramentos e, sobretudo, o processo de metamorfose existencial vivido pela personagem após este acontecimento.

FICHA TÉCNICA:

A partir da obra “Vista Chinesa”, de Tatiana Salem Levy

Atuação: Julia Lund
Direção, concepção geral, câmera ao vivo: Luiz Felipe Reis
Dramaturgia: Luiz Felipe Reis, Julia Lund, Catharina Wrede
Trilha sonora original e Performance musical ao vivo: Pedro Sodré
Mixagem e operação de som: Victor Volpi, com Humberto Morais
Pesquisa musical e sonora: Luiz Felipe Reis e Pedro Sodré
Direção de tecnologia, criação + efeitos em vídeos, operação de vídeo: Isis Passos (Miwí)
Cenário: Dina Salem Levy
Assistente de cenografia: Tuca Benvenutti
Cenotécnico: Wanderley Soares
Luz: Alessandro Boschini
Operação de luz: Cyntia Monteiro
Assistente de iluminação e montagem de luz: Tiago D’Avila
Figurino: Thais Delgado
Criação e produção de vídeos, direção de fotografia e montagem: Dani Wierman e Mari Cobra — com Felipe Ovelha (operação de câmera em vídeo)
Direção de movimento: Laura Samy
Interlocução artística: Fernanda Bond
Confecção de máscara: Alexandre Guimarães
Design gráfico do projeto: Clarisse Sá Earp (umastudio)
Fotografia estúdio: Renato Pagliacci
Make: Sabrina Sanm
Fotografia de cena: Renato Mangolin
Cinematografia: Chamon Audiovisual
Assessoria de comunicação: Canal Aberto – Márcia Marques, Daniele Valério e Flávia Fontes
Direção de produção: Gabriela Gonçalves, Lud Picosque e Rodrigo Fidélis (Corpo Rastreado)
Idealização e coprodução: Polifônica

Participação em off das atrizes Carolina Virguez, Camila Lucciolla, Cris Larin, Helena Varvaki, Lisa Eiras e Valentina Herszage a partir de trechos das obras “Abuso”, de Ana Paula Araújo, e “A vida nunca mais será a mesma”, de Adriana Negreiros.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.