Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Relação sensível entre o mundo e sua projeção mental em exposição inédita

Obra do artista Nino Cais (reprodução)
Obra do artista Nino Cais (reprodução)

Com visitação aberta ao público a partir de 27 de março, quinta-feira, na Unidade Santo André, a exposição Nino Cais: um toque surreal - proposta pelo curador Paulo Gallina – promete provocar estranhamento aos nossos olhos “culturalmente doutrinados”, conforme afirma o tutor. A mostra, com entrada gratuita e mediação de educadores, fica em cartaz até o dia 13 de julho, no espaço Galeria, Sesc Santo André

Trata-se de um conjunto de imagens que, apresentadas a partir de uma leitura das propostas surrealistas do início do século passado, deslocam figuras cotidianas para o universo das imagens extraordinárias ou incompreensíveis, oferecendo impressões sinestésicas de um mundo absurdo que nos é muito familiar.

Assim, é colocada nas mãos do visitante a difícil tarefa de assimilar o mundo por sua estranheza. Os trabalhos de Nino Cais não carregam premissas narrativas ou plásticas, pelo contrario, eles agirão, nesta exposição, como introdução a uma tradição na história da arte para os visitantes dispostos a esse encontro. “Não reforçamos uma narrativa previamente pensada ou uma leitura anteriormente criada para o espaço expositivo; o que esta exposição se propõe fazer é problematizar o que consideramos como comum e ordinário através do estranhamento que essas imagens nos causam.”, afirma o curador Paulo Gallina.

Nino Cais é artista plástico graduado pela Faculdade Santa Marcelina, na cidade de São Paulo onde, em 2001, apresentou a exposição individual A Trama Refeita. Em 2005, participou da coletiva do Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo Em 2006, apresentou uma individual na Galeria Virgílio e participou da mostra SP Arte, realizada no Pavilhão da Bienal, na capital paulista. Em 2007, participou da coletiva Pinta, no Metropolitan Pavilon, em Nova York. No ano seguinte, ganhou o Prêmio Aquisição no 33º Salão de Arte de Ribeirão Preto, em São Paulo, e recebeu o Prêmio Destaque, conferido pela Fundação Iberê Camargo. Participou da mostra Trilhas do Desejo, que apresenta trabalhos dos selecionados pelo programa Rumos Itaú Cultural 2008-2009, na sede do Instituto, em São Paulo. Foi premiado no mesmo ano pelo 15º Salão da Bahia.

o que: Nino Cais: um toque surreal
quando:

De 27/03 a 13/07/2014

onde:

Sesc Santo André

 

Outras programações

Artes Visuais

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

SESC Bauru

Saiba mais

Artes Visuais

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

SESC Bauru

Saiba mais

Artes Visuais

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Para Respirar Liberdade – 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

SESC Bauru

Saiba mais