Marsha! Foto: Bernoch
Marsha! Foto: Bernoch

Barracão Corpo EstandArte

Com Alma Negrot, Aya Ibeji, Rita Salomé e Vincenta Perrota. Org: Coletividade Marsha! e Plataforma Explode!

Noites Quentes de Verão

Avenida Paulista

Duração: 300 minutos

18

atividade presencial

Grátis

Local: Arte II (13º Andar)

Vagas limitadas. Retirada de ingressos 1h antes, no térreo.

Data e horário

De 03/02 a 03/02

Sexta

Das 18h às 23h

Marsha! Foto: Bernoch
Marsha! Foto: Bernoch

Unindo baile de carnaval com a cultura ballroom, a programação Corpo EstandArte propõe um espaço de celebração e reflexão acerca da experiência de contestar e resistir, em que identidades ditas dissidentes manifestam suas performatividades. No primeiro dia de atividade o Barracão Corpo EstandArte faz uma mescla de oficinas de  com DJ Set e performance.

Entre as atividades, Rita Salomé propõe uma oficina de confecção de máscaras e ornamentos, para promover a comunicação e incorporação de diferentes personas sentidas e expressas no contato com a ancestralidade. A estilista Vicenta Perrotta convida a todes para participar de uma vivência onde serão desenvolvidos Estandartes vestíveis com roupas garimpadas e materiais de descarte têxtil; na performance “Desrosto”, Alma Negrot traz, através de uma figura plural carnavalesca  a ideia de corpo  em trânsito. A noite segue embalada pela discotecagem Aya Ibeji

O barracão funciona como lugar de encontro, negociação e afetividade, presente em diversas manifestações da cultura afro brasileira, como o carnaval e mesmo o Candomblé.

Vagas limitadas. Retirada de ingressos 1h antes, no local.

Alma Negrot é artista multiplataformas formado em artes visuais pela UFRGS, ganhou reconhecimento no audiovisual assinando direção criativa e maquiagem para diversos artistas da musica brasileira ou  colaborando com grande nomes da moda nacional além de performar nas maiores festas do circuito eletrônico de São Paulo e do Brasil como a Mamba Negra.

Aya Ibeji é uma artista multidisciplinar de 25 anos nascida em São Gonçalo – RJ e que atualmente vive na grande cidade de São Paulo. Seus dons perpassam pela especialização em ativação de Orí chamada de Ativação Travesty, nas mixagens enquanto produtora e DJ trazendo a experiência IBEJI a vida; faz parte da cena ballroom sendo uma das integrantes da House Of Blyndex, é CEO na The Ibeji Experience e na empresa SOMDEATRAKE e também desfilando nas passarelas enquanto modelo.

Rita Salomé é travesti, preta, 35 anos, nascida e criada em Itaquera, na zona leste de São Paulo. Atriz, performer e produtora audiovisual,  estudou no Teatro-Escola Macunaíma e no ETA, em SP. Escultora e aderecista auto-didata, criou a partir de sua pesquisa sobre arte africana e ancestralidade a técnica trançatura (trança de arame, barbante e fita) para criar suas peças ornamentais para o corpo.

Vicenta Perrotta é líder de uma refuncionalização artística transvestigênere, o Ateliê TRANSmoras, Vicenta Perrotta é uma artista e estilista pioneira do movimento intitulado Transmutação Têxtil que intersecciona questões de gênero, consumo e lixo. É conhecida por produzir roupas e acessórios a partir de materiais de descarte da indústria têxtil, roupas encontradas em pontos de doação ou lixos, transformando em novas peças que dialogam, discutem e questionam os comportamentos socialmente reproduzidos e estigmatizados.

Coletividade Marsha! é uma comunidade sociocultural de produção artística, política e pedagógica composta por pessoas trans e travestis.

Plataforma Explode! é uma plataforma que atua a partir dos campos da arte e da cultura, em intersecções com a pedagogia, a justiça social, entre outros. Fomenta e desenvolve pesquisa e experimentação em torno de práticas que discutem o corpo e suas intersecções de classe, raça, gênero, sexualidade e suas possibilidades não normativas.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.