Foto: Elisa Vaz e Rodrigo Sena (montagem)
Foto: Elisa Vaz e Rodrigo Sena (montagem)

Vivência | Roda de música popular tradicional no parque

Com Solange Assumpção e Renato Ihu


Centro de Música

Consolação

Duração: 90 minutos

L

atividade presencial

Grátis

Local: Parque Augusta (Rua Augusta, 200)

Data e horário

De 23/01 a 13/02

Domingo

10h30 às 12h

Foto: Elisa Vaz e Rodrigo Sena (montagem)
Foto: Elisa Vaz e Rodrigo Sena (montagem)

A cada domingo os participantes aprendem pontos, modas e outras cantigas da cultura popular tradicional. Solange e Renato propõem, para isso, atividades que sensibilizam o corpo e a voz. A atividade acontece no Parque Augusta.

Solange Assumpção

Educadora musical e regente coral. Mestre em Música pela UNESP, desenvolvendo pesquisa sobre o canto coral na educação musical, sob a orientação de Martha Herr; estudos de regência com Abel Rocha e Naomi Munakata. Certificada em Somatic Voicework (níveis 1, 2 e 3). Em 2017, participou do 11 th Symposium on Choral Music, em Barcelona. Foi professora da EMESP e da FASCS. Desde 2001, é membro da equipe de educadores do Centro de Música do Sesc. Conduz o Grupo Madrigueiros desde a sua criação, em 2010. Integra o Música Vocal Grupo de Estudos, criado por Vítor Gabriel, desde seu início, em 2019.

Renato Ihu

Músico e pesquisador. Realiza pesquisas com comunidades de cultura tradicional afro-brasileira da região sudeste do Brasil há 20 anos. Durante 16 anos trabalhou como técnico em audiovisual na Associação Cultural Cachuera!, onde realizou pesquisa, gravação, catalogação e preservação do acervo audiovisual. Como cantor, atuou no espetáculo Ihu – Todos os Sons, de Marlui Miranda, e no Coral USP. É formador no curso da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Unifesp no Curso de Extensão A presença da cultura afro-brasileira no Sudeste: Jongo, Batuque e Reinado/Congado, e na Unesp – Campus de São Paulo na disciplina Laboratório das Expressões Culturais Do Brasil I, práticas coreográfico-dramático-musicais (festas, danças, rituais e folguedos populares). Formador no projeto A Cor da Cultura em 2005 e 2013 (CanalFutura/Fundação Roberto Marinho), que visava a valorização e preservação do patrimônio cultural afro-brasileiro. Ministrou oficinas e cursos no Sesc, na Escola de Aplicação (USP), na EMEF Desembargador Amorim Lima, no Instituto Cultural Itaú, na Escola Nacional Florestan Fernandes (MST), entre outros locais, e junto aos grupos teatrais Cia. Balagan e Coletivo Negro.

O que preciso saber antes de comprar um Ingresso:

Pessoas com mais de 12 anos deverão apresentar comprovante de vacinação contra COVID-19, evidenciando DUAS doses ou dose única para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo.

O comprovante pode ser físico (carteirinha de vacinação) ou digital e um documento com foto.

O uso da máscara é obrigatório durante toda sua permanência na Unidade.

Para atividades com ingresso, será necessário apresentar o QR Code na entrada da atividade.

Consulte antecipadamente em sescsp.org.br sobre o funcionamento do estacionamento da unidade promotora do evento.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.