Foto: divulgação
Foto: divulgação

EntreMeadas

Curadoria Adélia Borges

Guarulhos

Duração: 60 minutos

L

atividade presencial

Grátis

Local: Espaço expositivo

Data e horário

De 30/04 a 14/08

Terça a Domingo

Ter a sex, 9h às 21h30

Sab, 9h às 20h

Dom e feriados, 9h às 18h

Foto: divulgação
Foto: divulgação

A exposição EntreMeadas traz obras de artesãs de diversas cidades do Estado de São Paulo. Idealizada pelo Sesc São Paulo, com curadoria da crítica e historiadora do design Adélia Borges, a mostra teve sua estreia no Sesc Vila Mariana, onde permaneceu em cartaz de outubro de 2019 a fevereiro de 2020. A exposição fica em cartaz de 30 de abril a 14 de agosto, com visitação gratuita. 

EntreMeadas
A mostra dá destaque ao artesanato brasileiro feito por mulheres e valoriza o patrimônio cultural ao reunir o trabalho de artesãs e coletivos de diversas cidades paulistas, para as quais o artesanato é um meio de expressão, de afirmação de identidade e de geração de renda.   

Com riqueza de trançados, cores e formas, a exposição apresenta obras artesanais e suas raízes – desde o material escolhido, a comunidade de origem e a artesã criadora.  

O trabalho de curadoria também se destaca pelo recorte geográfico. Durante o processo de pesquisa Adélia Borges mapeou uma rica diversidade artesanal, que tem como resultado uma mostra com obras feitas por 23 participantes, na capital paulista e em outras cidades do estado: Américo Brasiliense, Atibaia, Bauru, Bertioga, Cananéia, Carapicuíba, Eldorado, Guapiara, Guarulhos, Miracatu, Olímpia, Osasco, São Bento do Sapucaí e Tremembé.  

A exposição chega agora ao Sesc Guarulhos enriquecida com três novas participações, revelando que, no entorno da Unidade, também há iniciativas dignas de conhecimento e reconhecimento – Elizabeth Regina, do Abayomi Onã, com a confecção de bonecas Abayomis, o Projeto Tear, que integra a Rede de Apoio Psicossocial do município e através de oficinas com o público produz peças diversas, como bolsas, mantas e sacolas, além da artesã Cleide Toledo, que trabalha com fibras naturais na confecção de cestos, bolsas e outros objetos, e extrai a matéria-prima de seu trabalho de áreas próximas à sua casa na Zona Leste paulistana. Atualmente, os brejos nos entornos do Presídio de Guarulhos e da Rodovia dos Trabalhadores são a fonte para a extração da fibra de taboa com que faz uma infinidade de peças. 

Homenagem a uma guerreira 
A temporada de EntreMeadas em Guarulhos também presta homenagem a uma mulher muito especial: Lucinda Bento. Nas pesquisas para a primeira edição da exposição seu nome se destacou, tanto pela pulsão artística de seu trabalho quanto por sua capacidade de articulação e liderança.  Em outubro de 2019, quando mais de 800 pessoas se reuniram no Sesc Vila Mariana para a abertura da exposição, ela falou em nome das participantes. Mesmo debilitada, Lucinda deu o seu recado e transmitiu o carisma de alguém que via na beleza e na cultura uma forma de encantar o cotidiano. Lucinda faleceu um mês depois.   

Como forma de homenagear Lucinda, esta edição da mostra traz uma de suas últimas obras e o vídeo Lucinda, mãe negra da cidade doçura, realizado em 2021 por Maria Moema, com recursos da Lei Aldir Blanc. O documentário mostra como ela contagiou moradores de Américo Brasiliense e a comunidade paulista de artesãos com seu exemplo, seus ensinamentos, sua alegria, sua intensidade. Com sua trajetória, essa guerreira demonstrou que as pessoas não precisam de escolaridade formal para conseguirem expressar uma alta voltagem criativa em objetos que elaboram com as próprias mãos.   

Adélia Borges, que assina a curadoria da mostra, tem uma relação estreita com o artesanato: aprendeu a bordar com o grupo mineiro Matizes Dumont e realizou exposições e palestras, no Brasil e mundo, sobre a linha tênue entre o design e o artesanato. Em seu currículo acumula 40 exposições e 16 livros, entre eles Design + Artesanato: O Caminho Brasileiro (2011), no qual traça um panorama da revitalização recente do objeto artesanal brasileiro.  Por seu trabalho com a primeira montagem da mostra EntreMeadas no Sesc Vila Mariana, Adélia foi finalista no 11º Prêmio Governo do Estado de São Paulo para as Artes na categoria Patrimônio Cultural. 

Agendamentos de visitas mediadas para grupos: agendamento.guarulhos@sescsp.org.br 

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.