Foto: Gustavo Gitti
Foto: Gustavo Gitti

TaKeTiNa – Aula aberta

Com Gustavo Gitti e Patricia Passoni

Conecte-se

Avenida Paulista

Duração: 90 minutos

12

atividade presencial

Grátis

Local: Praça (Térreo)

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Data e horário

De 03/12 a 03/12

Sábado

Das 17h30 às 19h

Foto: Gustavo Gitti
Foto: Gustavo Gitti

A TaKeTiNa é um processo coletivo que utiliza o ritmo para o desenvolvimento humano. Foi desenvolvida há 50 anos pelo percussionista austríaco Reinhard Flatischler. Integra ritmos arquetípicos presentes em todas as grandes tradições percussivas (cubana, africana, árabe, brasileira, japonesa, coreana, indiana) com as recentes descobertas e pesquisas em neurociência, psicomotricidade, musicoterapia, atenção plena, educação sistêmica e teoria do caos.

Ao trabalhar com seres humanos em todos os continentes, Reinhard descobriu que todos nós somos ritmo. Ao desbloquear nossa conexão com o ritmo, desbloqueamos nosso potencial humano: surgem alegria, empatia, relaxamento, ânimo, propósito, clareza mental, equilíbrio emocional e tudo o que mais buscamos e precisamos em nossa vida e em nosso mundo.
Em uma sessão de TaKeTiNa, existem três camadas de ritmo simultâneas (voz, mãos e pés), apoiadas pelo som do berimbau e do surdo, que causam um constante equilíbrio entre caos e ordem, estabilização e desestabilização, levando os participantes a repetidamente sair e entrar no ritmo.

Os participantes desenvolvem uma profunda orientação rítmica e também qualidades diretamente benéficas para a saúde física e mental. A relação com o ritmo espelha a relação com a vida: cada participante reconhece e às vezes transforma padrões emocionais, atitudes e condicionamentos que traz de seu cotidiano. O processo de transformação começa na roda e frequentemente se expande de formas inesperadas para todos os âmbitos do trabalho e das relações.

O método da TaKeTiNa é usado por toda a Europa, na Austrália, na Nova Zelândia, nos Estados Unidos, na China e mais recentemente na Argentina, na Colômbia, no México e no Brasil em empresas, universidades, clínicas, hospitais, conservatórios e centros culturais.

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Gustavo Gitti é professor de TaKeTiNa e coordenador da comunidade online olugar.org, com mais de mil participantes que exploram práticas de florescimento humano em meio à vida cotidiana. É o primeiro e único professor brasileiro de TaKeTiNa. Terminou em agosto de 2012 sua formação de 3 anos com o fundador do método. Desde então tem oferecido o método em centros culturais, universidades e empresas pelo Brasil. Atualmente está participando da formação mais avançada de TaKeTiNa, que dura 6 anos, e trabalha como organizador e professor-assistente na formação de professores do
método que está se realizando pela primeira vez no Brasil.

Patricia Passoni é arte-educadora, empresária, musicista, atriz e produtora cultural, com formação em psicomotricidade. Fundou a Casa Lila, dedicada ao brincar. Organiza e participa da primeira Formação Latinoamericana de Professores de TaKeTiNa. Atua há 10 anos como assistente de Gustavo nos workshops de TaKeTiNa.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.