Sesc Carmo leva a música de concerto às igrejas do centro

14/08/2023

Compartilhe:

Durante o primeiro semestre de 2023, quatro igrejas centenárias e que integram o patrimônio histórico e arquitetônico da cidade foram palco e ajudaram o Sesc Carmo a apresentar um pouco do que é a música de concerto na contemporaneidade.  
 
Iniciada em março deste ano, a temporada “Música Hoje”, do projeto Centro em Concerto, passou pelo Santuário de São Francisco, pela Igreja São José de Anchieta, pela Igreja Nossa Senhora da Boa Morte e pela Catedral da Sé. 

Com a curadoria da jornalista Camila Fresca, que é doutora em musicologia e pesquisadora especializada na música de concerto, as apresentações deste ano têm alternado entre jovens em início de carreira e artistas experientes. Além disso, todos os concertos contam com ao menos uma obra de autoria feminina, assim como uma composição de um artista contemporâneo. 
 
“Se a música de concerto e a arquitetura das igrejas trazem em comum a ideia de tradição e permanência, a série Centro em Concerto Música Hoje quer contrastar este aspecto, abordando questões contemporâneas que não podem passar ao largo da atividade musical”, apontou a curadora.

A música de nossos dias pela nova geração

A estreia da temporada, no dia 21 de março, aconteceu no Santuário São Francisco, localizado no largo de mesmo nome, ao lado da Igreja de São Francisco das Chagas e da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.  

O templo foi o palco do concerto “A música de nossos dias pela nova geração”, que contou com um recital do jovem Trio Girassol, seguido pela apresentação do ainda mais jovem Quarteto de Cordas do Instituto Baccarelli. 

A voz masculina na música coral de ontem e hoje

No dia 18 de abril, o Centro em Concerto ocupou a Igreja São José de Anchieta, no Pateo do Collegio, com o espetáculo “A voz masculina coral de ontem e hoje”, apresentado pelo coro masculino do Coral Paulistano. Com a regência da maestrina Maíra Ferreira e de Isabela Siscari, o grupo do Teatro Municipal de São Paulo apresentou um repertório que, além de um panorama histórico com algumas das diversas interpretações e compreensões sobre o lugar da voz masculina nos corais, abordou desde composições do início do século XX até os dias de hoje.

Homenagem a Almeida Prado

A terceira apresentação da temporada aconteceu em uma igreja que, assim como a Unidade também está localizada na Rua do Carmo: a Igreja Nossa Senhora da Boa Morte. No dia 16 de maio, o templo, que atualmente é o único da cidade a permanecer aberto ao público 24 horas por dia, recebeu um trio formado por Manuela Freua (voz soprano), Eliane Tokeshi (violino) e Marcos Aragoni (piano), para a apresentação de um repertório que homenageava e dialogava com a obra do compositor brasileiro José Antonio Rezende de Almeida Prado. 

O piano no romantismo, no modernismo e na contemporaneidade

Para encerrar o semestre e, com ele, a primeira parte do projeto Centro em Concerto – Música Hoje, em 13 de junho Cristian Budu, um dos mais reconhecidos pianistas brasileiros das últimas décadas, esteve na Cripta da Catedral Metropolitana de São Paulo trazendo um repertório que, com peças de Chopin, Nininha Velloso Guerra e Philip Glass, apresentou um panorama da presença do piano solo na música de concerto romântica, moderna e contemporânea. 

Com quatro novos concertos, realizados entre os meses de agosto e novembro com foco na Música Hoje, o Centro continua em Concerto.

Acompanhe a programação do projeto em sescsp.org.br/centroemconcerto

Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.