ALMANAQUE | 6 dicas para crianças se encontrarem com a arte em SP

30/09/2022

Compartilhe:
Leia a edição de outubro/22 da Revista E na íntegra

ENTRAR EM CONTATO COM ARTE E CULTURA É TÃO ESSENCIAL À INFÂNCIA QUANTO BRINCAR. O ALMANAQUE DE OUTUBRO INDICA SEIS ATIVIDADES PARA CULTIVAR A CRIATIVIDADE DOS PEQUENOS ATRAVÉS DA EXPRESSÃO ARTÍSTICA

Mozart, Beethoven, Michelangelo, Picasso. O que esses consagrados artistas da música e da pintura têm em comum? Todos eles começaram a se interessar pelas artes ainda na infância, exercitando e aprimorando suas técnicas quando suas mãos ainda eram bem pequenas e os dedinhos tinham habilidades limitadas. A fim de incentivar, portanto, o contato de meninos e meninas com as belas-artes desde cedo, neste mês das crianças listamos seis atividades, de diferentes linguagens artísticas, para despertar a sensibilidade, a criatividade e a imaginação dos pequenos.

Entre 1º e 30/10, na capital paulista e em ambiente digital, há opções de teatro, literatura, dança, música erudita, artes visuais e audiovisual para a criançada e toda a família. Porque entrar em contato com a arte e cultura é tão essencial à infância e à expressão quanto brincar [Leia mais na reportagem A arte de brincar, publicada na Revista E no 307, de maio de 2022]. Um, dois, três e já!

As atividades artísticas da Pinacoteca fazem parte das indicações do Almanaque de outubro. Foto: Levi Fanan/Pinacoteca de São Paulo.
Atividades artísticas da Pinacoteca fazem parte das indicações do Almanaque de outubro. Foto: Levi Fanan/Pinacoteca de São Paulo
  • 1. ARTES VISUAIS

Pinacoteca – PinaFamília e PinaPequenos


No segundo domingo de cada mês (em outubro, no dia 9), a Pinacoteca de São Paulo realiza os projetos gratuitos PinaFamília e PinaPequenos. O primeiro é destinado a pais e/ou cuidadores com suas crianças e ocorre em três horários (11h, 13h30 e 14h45), quando todos são convidados a visitar a mostra da coleção permanente Pinacoteca: Acervo, e depois fazer uma atividade prática, acompanhados de um educador do museu. Há distribuição de 30 senhas por sessão, e a inscrição é feita meia hora antes. A Pinacoteca também distribui nesse dia, a partir das 10h, um jogo educativo por família, até o fim do estoque.

Já o PinaPequenos é um espaço lúdico e interativo para crianças de até 3 anos, com programação às 10h30 e às 13h30, e duração de 45 minutos. As vivências comportam até 20 bebês e um cuidador para cada.

Aos sábados, a entrada da Pinacoteca é gratuita para todos, assim como às quintas, entre 18h e 19h. Saiba mais pelo site ou pelo telefone (11) 3324-1000.

PinaFamília, projeto educativo da Pinacoteca para crianças e suas famílias. Foto: Mila Kawazaki/Pinacoteca de São Paulo.
PinaFamília, projeto educativo da Pinacoteca para crianças e suas famílias. Foto: Mila Kawazaki/Pinacoteca de São Paulo
  • 2. DANÇA

Casa das Rosas – Senhor Calvino


No florido jardim da Casa das Rosas, a companhia de dança Artesãos do Corpo apresenta, no dia 12/10, às 11h, o espetáculo Senhor Calvino, que convida o público de todas as idades a conhecer o universo poético-urbano de Italo Calvino (1923-1985), escritor italiano considerado um dos maiores do século 20. Os bailarinos se inspiraram nos livros Marcovaldo (1963) e Palomar (1983) e focam em pequenos detalhes do cotidiano urbano que costumam ser ignorados pelos habitantes das cidades. Não é necessária inscrição prévia. Saiba mais pelo site ou pelo telefone (11) 3673-1883.

Espetáculo Senhor Calvino, apresentado pela Cia. Artesãos do Corpo, na Casa das Rosas. Foto: Fábio Pazzini.
Espetáculo Senhor Calvino, apresentado pela Cia. Artesãos do Corpo, na Casa das Rosas. Foto: Fábio Pazzini
  • 3. LITERATURA

Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos – Hora do Conto e Lê no Ninho


Além de ser o Dia das Crianças, 12/10 também marca o Dia Nacional da Leitura. Para celebrar a data, a Biblioteca de São Paulo (BSP) e a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) realizam, ao longo de todo o mês, diversas atividades a fim de incentivar e valorizar esse hábito entre os pequenos. Na programação especial, e presencial, estão dois projetos permanentes – Hora do Conto e Lê no Ninho –, que ocorrem o ano inteiro.

O primeiro promove a contação de histórias infantojuvenis, de 1º a 30/10, às sextas-feiras, das 15h às 15h30, e aos sábados e domingos, das 16h às 16h45. Já o Lê no Ninho é voltado para bebês e crianças de 6 meses a 4 anos, seus pais e/ou cuidadores, com o objetivo de proporcionar experiências de interação com os livros. É realizado aos sábados e domingos, das 11h às 11h45. Não é preciso fazer inscrição em nenhum deles, mas as vagas são limitadas e preenchidas por ordem de chegada.

Contação "A Terra dos Meninos Pelados", apresentada em outubro na Biblioteca do Parque Villa-Lobos. Foto: Nora Prado.
Contação A Terra dos Meninos Pelados, apresentada em outubro na Biblioteca do Parque Villa-Lobos. Foto: Nora Prado
  • 4. TEATRO

Sesc Belenzinho – Meu Reino Por Um Cavalo


Encenado pela Cia. Vagalum Tum Tum, o espetáculo é livremente inspirado na tragédia Ricardo III, do dramaturgo inglês William Shakespeare (1564-1616). Conta a história de um nobre ambicioso que não mede esforços para virar rei. Sempre acompanhado de seu cavalo guitarrista, ele vai eliminando a todos que encontra em seu caminho rumo à coroa. O espetáculo faz temporada até 13/10, com texto e direção de Angelo Brandini, direção musical e canções originais de André Abujamra, e caracterização de Leopoldo Pacheco. Saiba mais aqui.

Espetáculo Meu Reino por um cavalo, com, a Cia Vagalum Tum Tum, apresentado no Sesc Belenzinho, em outubro. Foto: João Caldas Filho.
Espetáculo Meu Reino por um Cavalo, com a Cia. Vagalum Tum Tum, é apresentado no Sesc Belenzinho em outubro. Foto: João Caldas Filho
  • 5. MÚSICA ERUDITA

Theatro São Pedro – Coral Infantil do Projeto Guri


Aos fãs mirins de música erudita, ou àqueles que nunca foram a uma sala de concerto, o Theatro São Pedro abre suas portas no dia 29/10, às 11h30, para uma apresentação do Coral Infantil do Projeto Guri. Na ocasião, o grupo de pequenos cantores da capital e da Grande São Paulo interpreta obras compostas desde o período clássico até o século 20, incluindo peças de Mozart, Schubert, George Gershwin e Heitor Villa-Lobos. A regência é de Yara Campos, e a entrada é gratuita. Confira mais detalhes no site ou pelo telefone (11) 3221-7326.

O coral infantil do Projeto Guri se apresenta no Theatro São Pedro, com regência de Yara Campos. Foto: Roberta Borges.
O coral infantil do Projeto Guri se apresenta no Theatro São Pedro, com regência de Yara Campos. Foto: Roberta Borges
  • 6. AUDIOVISUAL

Filmes sob demanda


A programação do SescTV e da plataforma Sesc Digital também contempla as crianças no mês de outubro. O SescTV traz a coleção Filmes de Brinquedo, que reúne 15 curtas-metragens, com curadoria de Cardes Amâncio e Daniela Pimentel, nas categorias documentário, ficção e animação. Produções que revelam diferentes experiências das infâncias brasileiras e buscam sensibilizar o público para a construção de relações respeitosas com o meio ambiente e os diversos modos de vida. (No SescTV, aos sábados, às 13h, e também disponíveis sob demanda). Ainda como parte da grade infantil do mês, o canal exibe, no dia 12/10, às 13h30, o longa de ficção A Família Dionti (Brasil/Inglaterra, 2015), de Alan Minas. O conteúdo também pode ser acessado no catálogo do site.

Já no Sesc Digital, pelo projeto CineClubinho, até 1º/11 é possível assistir à animação Um Lobo em Pele de Cordeiro (Rússia, 2016), sobre uma pequena aldeia onde a paz de um rebanho de ovelhas é interrompida quando uma matilha de lobos aparece na região. Confira mais informações aqui.

Cena do filme A Família Dionti, disponível no catálogo do SescTV, em outubro. Foto: Guga Millet.
Cena do filme A Família Dionti, disponível no catálogo do SescTV em outubro. Foto: Guga Millet

A EDIÇÃO DE OUTUBRO/22 DA REVISTA E ESTÁ NO AR!

Neste mês, celebramos as ações solidárias organizadas pela sociedade civil para o combate à fome no país. Na reportagem “Alimentar a mudança”, divulgamos dados alarmantes sobre o cenário de insegurança alimentar no Brasil e indicamos iniciativas e projetos transformadores para enfrentar essa situação, como o Organicamente Rango, a Gastronomia Periférica e o Experimenta!

Além disso, a Revista E de outubro traz outros destaques: uma reportagem que destaca a força do jazz enquanto música afrodiaspórica, diversa e combativa; uma entrevista sobre música, literatura e sociedade com Adriana Calcanhotto; um depoimento de Cassio Scapin sobre a força da comédia e o despertar dos musicais brasileiros; um passeio visual pelas obras da exposição Desvairar 22, em cartaz no Sesc Pinheiros; um perfil de Dias Gomes (1922-1999), nome primordial da dramaturgia brasileira; um encontro com o coordenador da Agência Lupa Chico Marés, que fala sobre checagem de informações; um roteiro por 6 espaços que propõem atividades artísticas para aguçar a sensibilidade das crianças, em outubro; poemas inéditos do escritor Paulo Scott; e dois artigos que destacam a importância da educação midiática para o combate à desinformação.

Para ler a versão digital da Revista E e ficar por dentro de outros conteúdos exclusivos, acesse a nossa página no Portal do Sesc ou baixe grátis o app Sesc SP no seu celular! (download disponível para aparelhos Android ou IOS).

Siga a Revista E nas redes sociais:
Instagram / Facebook / Youtube

A seguir, leia a edição de OUTUBRO/22 na íntegra. Se preferir, baixe o PDF para levar a Revista E contigo para onde você quiser!

Leia a Revista E de outubro/22 na íntegra. Você também pode baixar a publicação do Sesc São Paulo em formato de PDF.
Conteúdo relacionado

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.