Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Quantas autoras negras você já leu?

A partir do dia 23 de julho o Sesc Ipiranga apresenta a Websérie e Podcast "Quantas autoras negras você já leu?".
Com episódios semanais, transmitidos pelo Instagram e Youtube, sempre às quintas-feiras, o programa convida o público a uma reflexão sobre a invisibilização de autoras negras e a importância de romper um silenciamento histórico que acarreta inúmeros prejuízos à toda a sociedade.

Quantas autoras negras você já leu? é a pergunta que norteia as discussões propostas pelo coletivo Mulheres Negras na Biblioteca na série de 12 episódios que conta com a participação de 20 convidadas negras, entre escritoras, poetas e pesquisadoras, debatendo temas como: "O perigo de uma história única", "A importância do acesso à narrativa de mulheres negras", "Escritoras negras do século XIX", "Romancistas negras brasileiras", "Produção intelectual de mulheres negras", "Literatura infantil de autoria negro-feminina", "Escritoras negras premiadas", entre outros. Cada episódio será finalizado com a participação de poetas negras recitando poemas autorais (exceto o primeiro e o último).

Com o propósito de alcançar moradores de regiões periféricas da cidade de São Paulo, além da participação de intelectuais e escritoras conhecidas, que atuam em projetos comunitários, o programa conta com a participação de autoras e poetas de Heliópolis e adaptação dos episódios para o formato podcast, que será reproduzido em alto-falantes pelo BiblioSesc (biblioteca móvel do Sesc).

Quem abre a série é a jornalista, apresentadora de rádio e TV, Juliane Sousa, uma das responsáveis pelo projeto Mulheres Negras na Biblioteca, e Carine Souza, estudante de Letras, técnica em Biblioteconomia, revisora e preparadora de textos, produtora cultural e uma das idealizadoras do projeto Mulheres Negras na Biblioteca. Nesse primeiro episódio, elas apresentam um panorama da série e contam um pouco da trajetória e objetivos do projeto, que atua na cidade de São Paulo desde 2016, desenvolvendo atividades de incentivo à leitura de obras de autoras negras e reivindicando a presença dessas obras nos acervos das bibliotecas.

No segundo episódio o programa recebe a pesquisadora e doutora em Literaturas Africanas, Aza Njeri, para falar sobre o perigo de uma história única, tema inspirado no famoso discurso da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, no TED Talk em 2009, e a atriz, diretora e escritora, Brenda Ligia, que apresentará poemas autorais.



Mulheres Negras na Biblioteca é um projeto de incentivo à leitura de obras de escritoras negras, idealizado e organizado por profissionais de Biblioteconomia e Letras, que se dedicam a promover atividades culturais a fim de contribuir para a formação e aumento do público leitor de autoras negras, com o objetivo de tornar notável a importância da inclusão dessas obras nos acervos das bibliotecas.

 

Outras programações