Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Um comer para a vida toda

A alimentação é um fator importante para a saúde ao longo de toda a vida. Mas é preciso cuidar dela desde cedo, na verdade desde sempre. É já nos primeiros anos, por meio de um comer saudável e adequado para cada fase, que se molda esse futuro de uma vida toda.

Ter uma boa relação com a comida – desde o conhecimento sobre a forma como ela é produzida até sobre como é consumida –, deve ser, então, uma das prioridades de qualquer pessoa. E essa relação começa com a amamentação. O leite materno, mais do que só o primeiro alimento (como se isso já não fosse tanto), é a base dessa história que começa a ser traçada quando um indivíduo nasce e que tem toda sua trajetória desenhada quando se começa a conhecer outros alimentos. 

No leite materno há anticorpos e outras substâncias que protegem de infecções na infância e traz benefícios para a vida toda. É importante para a saúde da mulher, favorecendo o reequilíbrio de seu corpo e protegendo contra o câncer de mama. 

Até os seis primeiros meses de vida, o leite materno é nutricionalmente completo e deve ser o único alimento oferecido ao bebê. Mas a orientação é que a amamentação deve seguir até pelo menos os dois anos de idade. Nessa fase, ocorre a introdução alimentar complementar, que deve ser composta por preparações culinárias com base em alimentos in natura e minimamente processados e respeite as fases de desenvolvimento da criança, sem oferecer açúcar e alimentos ultraprocessados. Esse período da vida é importante para a formação do paladar e dos hábitos alimentares de uma pessoa.

Esses primeiros anos do bebê, acompanhados do período de gestação, são conhecidos por primeiros mil dias e compõem uma janela de oportunidades e de saltos de desenvolvimento única. É dessa fase que trata o projeto Do Peito Ao Prato. 

Em sua segunda edição, ele ocorre durante a Semana Mundial do Aleitamento Materno, de 1 a 7 de agosto de 2020, no portal e nas redes sociais do Sesc São Paulo.

Para iniciar essa conversa, você pode conferir o vídeo com Daniela Neri, que é pesquisadora de pós-doutorado no Nupens/USP (Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde Pública, Universidade de São Paulo). Ela estuda o consumo de alimentos, particularmente de ultraprocessados, e seus efeitos na qualidade da dieta e desfechos de saúde em crianças.

 


**

Esse conteúdo faz parte das ações do projeto Do Peito ao Prato que, durante a Semana Mundial do Aleitamento Materno, aborda a alimentação de bebês e crianças de até dois anos, enfatizando a importância do aleitamento materno e da adequada introdução da alimentação complementar. Em destaque, está a live A Alimentação nos Primeiros Dois Anos de Vida, com as nutricionistas Rachel Francischi e Regicely Aline Brandão, transmitida pelo YouTube do Sesc São Paulo no dia 4/8, às 16h. 

Outras programações