Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Anti-drama em uma anti-peça

"Uma ladainha é uma reza, uma evocação que se repete, quase como um engessamento de preces que alimenta a fé de quem a balbucia", diz Chico Carvalho, diretor e autor do espetáculo Pequena Ladainha Antidramática Para o Episódio da Fuga do Leão do Circo e Outros Boatos Pouco ou Quase Nada Interessantes, da Cia. do Bife, que estreia este mês no Sesc Santo Amaro

A primeira apresentação será no dia 17 de fevereiro, e segue até o dia 5 de março, no Espaço das Artes, em cartaz todas as sextas, às 21h e sábados e domingos, ãs 19h.

A partir de situações desconexas e fatos absurdos do cotidiano, pouco realistas, iniciadas pelo anúncio da fuga de um leão do circo, desenrola-se a trama. Em Pequena Ladainha Anti-Dramática (...) as personagens são insólitas e vazias, as cenas, em um contexto antidramático, não seguem uma lógica real, apenas repetições - ladainhas – engraçadas. O público, então, assiste aos desejos, frustrações e ansiedades destas pessoas.

A estética plástica do espetáculo é feita com poucos elementos, de cenografia enxuta, luz e sonoplastia afinadas. A caracterização pictórica das figuras e elementos cenográficos bizarros - como cabeças de animais - evocam certo humor. Segundo o diretor, “trata-se de uma anti-peça, encrencada em ação nenhuma, conflito nenhum, com intervalos, soluços de preenchimento instantâneo e sem promessas de futuro”. O texto de Chico Carvalho e das atrizes Ana Junqueira, Daniela Theller e Sarah Moreira partiu de uma frase que relatava a fuga do leão, o que motivou as ideias e construção do mosaico das cenas.

Com essa peça, a Cia. do Bife marca sua estreia e é também o primeiro trabalho de Chico Carvalho como diretor; ele que, como ator, venceu o Prêmio Shell 2013 por sua atuação no papel-título de "Ricardo 3º". Todo o elenco foi aluno no curso de teatro da escola Célia Helena, em 2009. A série tem continuidade com outras ladainhas e André Hendges costura a próxima história em uma participação especial nas noites de espetáculo do Sesc Santo Amaro.

FICHA TÉCNICA

Texto e Direção: Chico Carvalho
Elenco: André Hendges, Ana Junqueira, Daniela Theller e Sarah Moreira
Figurino: Marichilene Artisevskis
Iluminação: Junior Docini e Pedro Moura
Trilha Sonora: Unnova Produções - Fabricio Bonni e Daniel Andrade
Cenário e Adereços: Zé Valdir Albuquerque
Produção: Léo Birche
Fotos: Julia Armentano

 

Outras programações