Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Mulheres dominam discotecagem do Sesc Jazz no Pompeia

DJs mulheres abrem Sesc Jazz. Na foto, DJ Rafa Jazz, que abriu o show de James Blood Ulmer
DJs mulheres abrem Sesc Jazz. Na foto, DJ Rafa Jazz, que abriu o show de James Blood Ulmer

O Sesc Jazz tem encantado o público com suas 26 atrações de 12 nacionalidades. E engana-se quem pensa que o projeto é feito apenas por bandas tocando ao vivo. Para melhorar o que já é incrível e animar ainda mais o público, antes de todos os shows na Comedoria do Sesc Pompeia, DJs arrasam com setlists para esquentar a galera. Cada um dos nomes responsável pela discotecagem foi escolhido a dedo e dialoga com o estilo da banda da noite. E um fato curioso: como você lerá a seguir, o lineup de DJs é 100% feminino.

Dando a largada no Sesc Jazz, a DJ Rafa Jazz abriu a casa para o guitarrista americano James Blood Ulmer com um sonzaço, composto por músicas com uma mixagem de jazz e eletrônica. DJ e pesquisadora musical desde 2006, a jovem dedica sua vida aos discos de vinil e aos beats.

Para os shows do Salomão Soares e Charles Tolliver, a convidada foi a DJ Julia Weck, que deixou a comedoria superdançante. Seu set, inteiramente em vinil, reverenciou a black music, transitando entre os diversos ritmos desse gênero, com pitadas de jazz e soul.

Quem veio ao show de Omar Sosa Quarteto Afrocubano pôde curtir o som de Gabi Pensanuvem, que homenageou diversos estilos da música latina, dando à noite uma atmosfera ainda mais intensa de cultura latino-americana.

Confira as DJs que se apresentam nos próximos dias!
Esquentando os shows da Renee Rosnes e Now vs Now nos dias 23 e 24, a DJ Ju Mineira chega tocando música negra e suas vertentes, como jazz, blues, funky, soul, disco, R&B, rap, música eletrônica, jamaicana e brasileira.

O show de Buika, nos dias 25 e 26, um dos mais disputados pelo público, vai ser marcado por puro empoderamento! A casa será aberta pela DJ Mariana Boaventura, que dedica sua música aos sons produzidos por artistas negros. A jovem já tocou com Luana Hansen, Mel Duarte, Rincon Sapiência, Stephanie Roberta, Luedji Luna, Dj Hum, Seu Oswaldo, entre outros. Integra o AfroHub - Projeto de Jovens Mulheres fortalecidas na luta contra o sexismo e machismo, financiado pela embaixada britânica e Oxfam.

E a música sul-americana também tem seu espaço. A DJ Anazú abre a casa para Melissa Aldana Quartet, no dia 31, animando o público com diversas vertentes brasileiras como Tincoãs, Tony Bizarro e Perfume Azul do Sol, passando também pelo jazz egípcio de Salah Ragab e as potentes cordas vocais da peruana Yma Sumac.

Nos últimos dias de festival, a comedoria abre as portas para o show de Vijay Iyer Sextet, com a presença da DJ Miria Alves. Seus sets são marcados pela mistura de jazz e MPB, com batidas da black music e hip hop.

Com tanta música de qualidade abrindo o show, é difícil não querer chegar mais cedo para aproveitar os sets dançantes das DJs que vão abrir a comedoria! Então, acesse nosso site e fique ligado no horário da discotecagem na noite em que você vier curtir o Sesc Jazz.

Outras programações