Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Imagens_Arquivos

Cena do filme
Cena do filme "Saudações Cubanos", com direção de Agnes Varda

A iniciativa Imagens_Arquivos - composta por ações formativas, desenvolvimento de experimentação artística em audiovisual e exibições - propõe uma análise histórica e teórica sobre a produção de filmes de arquivo, bem como fomento a produção de obras audiovisuais acerca do futuro e que tenham como ponto de partida as imagens produzidas no Sesc Avenida Paulista desde sua inauguração.

O filme de arquivo foi eleito como foco da ação por tratar-se de um formato essencialmente condizente com o momento da pandemia de Covid-19, momento no qual o uso de material de arquivo é mais seguro do que a reunião de uma equipe para produção de novos conteúdos audiovisuais; assim como por sua pertinência no contexto contemporêneo, um momento de grande incerteza e marcado por profunda reflexão acerca dos rumos da sociedade, já que invariavelmente revisita o passado - no exercício de um olhar que se debruça sobre conteúdos já registrados - ao mesmo tempo em que aponta para o futuro propondo novas leituras e significados para tais imagens.
 


"Light is Calling", com direção de Bill Morrison (2004)


O projeto é composto por:


Curso online | FILME DE ARQUIVO
De 15/8 a 12/9, sábados, 15h às 19h
Ministrado por Caio Lazaneo, Priscyla Bettim e Renato Coelho
40 vagas. Grátis.
Inscrições online, AQUI, a partir de 11/8 às 14h


As diversas abordagens na construção de filmes de arquivo ao longo de diferentes períodos da história do cinema.  O curso abrange o arquivo, o ensaio, o testemunho, a memória e possíveis cartografias poéticas para refletir sobre processos de realização fílmica a partir de documentos manuscritos, fotográficos, filmes e materiais sonoros e visuais variados, visando a discussão sobre obras audiovisuais através da utilização, ressignificação e colagem de imagens e sons de arquivo.

Encontro 1 - O material de arquivo e o filme ensaio
O material de arquivo é frequentemente empregado para construção de fluxo de pensamentos não lineares e abertamente pessoais em filmes ensaios. Obras de autores canônicos - como Agnès Varda, Jean-Luc Godard e Harum Farocki - servirão como ponto de partida para dissecarmos como se estrutura as relações entre som, imagem e palavra.

Encontro 2 - Filme diário e arquivo de si
Diante da crescente utilização das narrativas em primeira pessoa, torna-se urgente uma reflexão de como construir sentidos que partem da esfera pessoal para conexões com o coletivo. Iremos ainda pensar nas formas em que arquivo se relaciona com as memórias pessoais, com as construções de identidades e subjetividades. Filmes como Lost Lost Lost (1976), de Jonas Mekas, e Já visto jamais visto (2013), de Andrea Tonacci, estão entre as obras a serem analisadas neste encontro.

Encontro 3 - O filme de arquivo no cinema brasileiro de invenção
Análise de um panorama histórico de algumas das principais obras do cinema brasileiro de invenção feitas à partir de materiais de arquivo, realizadas por autores como Jairo Ferreira, Luiz Rosemberg Filho, Carlos Adriano e Fernanda Pessoa.

Encontro 4 - Experimental e material de arquivo
Neste encontro iremos explorar alguns dos principais procedimentos empregados dentro do escopo do cinema experimental concebido a partir de materiais de arquivo. Partindo do texto “Cartografia do found footage”, de Nicole Brenez e Pip Chodorov, analisaremos filmes que empregam, dialogam e ressignificam materiais de arquivo de diferentes formas denominadas pelos autores como uso elegíaco, crítico, estrutural, entre outros.

Encontro 5 - Imagens estáticas e filmes de arquivo
Aqui investigaremos quais são as particularidades da utilização de imagens estáticas – como fotografias, materiais gráficos e matérias de jornais – em projetos audiovisuais como nos filmes Adeus Mandima (2010), de Robert-Jan Lacombe, e A voz e o vazio: A vez de Vassourinha (1998), de Carlos Adriano.


Caio Lazaneo é diretor, produtor, documentarista e montador, mestre e doutor em Ciências da Comunicação pela ECA - USP. Também trabalha com pesquisa e curadoria de mostras de Cinema e é professor universitário em cursos de Cinema e Audiovisual e Produção Audiovisual desde 2012, especialmente em disciplinas de Montagem e Documentário.

Priscyla Bettim é cineasta, pesquisadora e professora na graduação em Audiovisual do Centro Universitário Senac. Dirigiu mais de uma dezena de curtas metragens, além de atuar como produtora em mostras de cinema. É graduada em Imagem e Som pela UFSCar, mestra e doutoranda em Multimeios pela Unicamp. Atualmente trabalha na finalização de seu primeiro longa-metragem como diretora, "A cidade dos abismos".

Renato Coelho é realizador, pesquisador e professor. Realizou curtas-metragens como "O cinema segundo Luiz Rô" (2013), "Trem" (2015), "A propósito de Willer" (2016, em parceria com Priscyla Bettim). Mestre e doutorando em Multimeios pela Unicamp. Coordenador e professor na graduação em Cinema e Audiovisual da Universidade Anhembi Morumbi.

_________________________________________________________________________________________

Bate-Papos online
De 19/9 a 3/10, sábados, 14h
Aberto ao público. Grátis. No canal youtube.com/sescavenidapaulista.

A proposta contempla a realização de três bate-papos online. Os profissionais convidados realizam conversas abertas ao público tendo como foco a produção de cinema experimental e filme de arquivo, e na sequência participam de conversas fechadas com os integrantes do grupo de estudos tendo como foco a discussão em torno das propostas de criação audiovisual propostas pelos participantes.

Dia 19/9 | Com Adirley Queirós
Cineasta, diretor de "A Cidade é uma Só" (2011), "Branco Sai Preto Fica" (2014), "Era uma vez Brasília" (2017), dentre outros.

Dia 26/9 | Com Cristina Amaral
Montadora. Foi responsável pela montagem de "Alma Corsária" (Carlos Reichenbach, 1996), "Serras da Desordem" (Andrea Tonacci, 2006) e "São Silvestre" (Lina Chamie, 2013), dentre outros.

Dia 3/10 | Com Carlos Adriano
Cineasta, diretor de "Das Ruínas A Rexistência" (2007), "Santos Dumont: Pré-Cineasta?" (2010), "Untitled #4: In Spite Of Ruin, Sing In The Rain" (2018), dentre outros.

__________________________________________________________________________________________

O projeto Imagens_Arquivos contempla ainda a produção de obras audiovisuais acerca do futuro e que tenham como ponto de partida as ações realizadas pelo Sesc Avenida Paulista. O trabalho será assinado pelos grupos Cavalo Marinho Audiovisual, Coletivos Coletores, Coletivo Gleba do Pêssego, sob coordenação e provocação artística de Caio Lazaneo, Priscyla Bettim e Renato Coelho. A partir de reflexões realizadas no contexto de um grupo de estudos - chamado Cinevisões de Futuro - os artistas foram convidados a criar um filme de arquivo que aponte para e reflita sobre futuros possíveis, à partir de imagens produzidas pelo Sesc Avenida Paulista desde sua inauguração.

 

Outras programações