Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

A Cultura Esportiva da Dinamarca

Itinerância DGI Holstebro – Lemvig Foto: Mi Brogaard
Itinerância DGI Holstebro – Lemvig Foto: Mi Brogaard

Por Luciane Pierin e Luiz Eduardo Rodrigues Coelho*


Você saberia dizer qual país tem figurado, nos últimos anos, no topo do ranking sobre os mais felizes? Esse mesmo país hospeda um dos grandes  fabricantes de brinquedos, a empresa Lego. Lá também, falando de esporte, é a casa da tenista Carolina Wosniacki, ex-número 1 do mundo e que ainda figura entre as melhores da modalidade.

Já descobriu qual seria esse país?

Estamos falando da Dinamarca, um pequeno país europeu que atualmente deseja ser o primeiro totalmente orgânico do continente. Lá, a preocupação do governo com relação ao esporte está em garantir acesso e possibilidade de prática a todos os cidadãos, desde as primeiras fases da vida.

Grande parte das casas dinamarquesas possui um trampolim acrobático, onde as crianças brincam de fazer ginástica o tempo todo. Assim, já na primeira infância, essa modalidade passa a ser parte integrante dos momentos livres e de lazer. Se aqui no Brasil o futebol é o esporte mais praticado, segundo pesquisas, na Dinamarca, a ginástica (ou os movimentos relacionados e derivados de diferentes ginásticas) está no DNA daquele povo.

Isso tudo tivemos a oportunidade de ver in loco. Fizemos parte de um programa de intercâmbio em parceria com a ISCA (International Sport and Culture Association), por cinco meses. A partir dessa experiência, os jovens de até 30 anos de diferentes lugares do mundo, tem a possibilidade de vivenciar e experimentar um pouco da cultura esportiva dinamarquesa e observar a importancia das ginásticas na formação cultural/esportiva dos habitantes de lá. A ginástica é base de movimento para qualquer outra modalidade.

Essa Ginástica que vivenciamos é a Ginástica para Todos, aquela que não é competitiva, apenas demonstrativa, e possível de prática em qualquer ambiente. A composição desse tipo de ginástica está em fundamentos de diferentes práticas gímnicas como: Ginástica Artística, Rítmica, Acrobática, Aeróbica e de Trampolim, além da incorporação de manifestações culturais bebendo na fonte da dança,  do circo, dos jogos e das expressões folclóricas, através de atividades livres e criativas.

O Sesc acredita na difusão e inclusão dessa modalidade como possibilidade de apresentar ao público um trabalho diferenciado que inclui diferentes esferas, tanto no campo teórico, com as capacitações, fóruns e palestras, quanto no campo da prática, com os cursos processuais do Programa Sesc de Esportes e nos eventos,  festivais de ginástica e apresentações de grupos.

Dessa maneira e inspirado nos valores que a Ginástica para Todos carrega, teremos a oportunidade de acompanhar, vivenciar e contemplar um dos grandes grupos de ginástica da Dinamarca, que no período de 07 a 16 de julho, fará apresentações nas Unidades do Sesc da capital, interior e litoral. O Grupo DGI Holstebro – Lemvig compartilhará um pouquinho desse conceito de ginástica e nos presenteará com belas e inspiradoras apresentações.

*Luciane Pierin, Gerente Adjunta do Sesc São Caetano e Luiz Eduardo Rodrigues Coelho, Assistente Técnico da Gerência de Desenvolvimento Físico Esportivo do Sesc São Paulo.
 

>> Saiba mais sobre o DGI Holstebro – Lemvig e leia a entrevista com José Carvalho da Cunha Filho, um dos organizadores da vinda do grupo ao Brasil, aqui.

Outras programações