Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Humor & Horror na Série Concertos

Parte do Conjunto Cameristico USP, que se apresenta dia 19/9<br>Foto: Ernesto Ett
Parte do Conjunto Cameristico USP, que se apresenta dia 19/9
Foto: Ernesto Ett

Apresentações gratuitas no Sesc Vila Mariana, durante setembro e outubro, exploram o tema “Humor & Horror” em concepções de diversos períodos, com formações variadas, na série Concertos.

Durante os meses de setembro e outubro, a Série Concertos - projeto permanente de apresentações de música erudita em formações camerísticas - recebe uma programação focada nas diversas expressões que o Humor e o Horror tiveram ao longo da história musical de diversas nações.

A proposta da série é a difusão da música erudita, buscando aproximar o público em um processo de ampliação de repertório e formação musical, ampliando o diálogo entre formas, estilos, gêneros e estéticas diversas, sem criar relações hierárquicas entre as produções de cada período, valorizando assim a diversidade presente no universo cultural da música de concerto.

Em setembro e outubro, o enfoque é em várias concepções e expressões do Humor e do Horror, em que compositores que são referência de música séria têm obras executadas com abordagem mais divertida - com um humor ora sofisticado, ora escrachado. Por outro lado, o terror em seus diferentes tratamentos - o medo do inferno na Idade Média ou a celebração do lúgubre no século XIX, por exemplo - estão representados na programação.

As quatro primeiras apresentações já dão o tom diverso de formações e períodos da programação: o Trio Betina Stegmann, Marcelo Jaffé e Sérgio Carvalho, no dia 5, traz Haydn, Mozart, Bach e Tartini em peças para violino, viola e cravo; no dia 12, o pianista Rogério Tutti apresenta o virtuosismo romântico de Franz Liszt e Saint-Säens; o Conjunto Camerístico USP, formado por duas trompas, piano, uma mezzo-soprano e quarteto de cordas executam peças de Rossini, Verdi, Schubert e A Piada Musical, de Mozart, no dia 19; por fim, no dia 26, o trio Atrio (soprano, oboé e piano) explora os tratamentos musicais do Humor e do Terror abarcando desde o Barroco (Bach) até o Século XX (Rachmaninoff).

Continuando nos sábados de outubro, a Série Concertos proporciona mais cinco apresentações da mesma temática. No dia 3, o organista Delphim Rezende Porto transita por séculos de música explorando as possibilidades expressivas do instrumento, apresentando desde peças cômicas até as de teor tenebroso. O conjunto de instrumentistas e cantores do Audi Coelum traz sua proposta de execução musical historicamente orientada, no dia 10, com peças tanto de cunho satírico como mórbidas. No dia 17, acontece a apresentação do espetáculo "In Questa Tomba Oscura – O Humor e o Horror na Canção de Câmara”, com um trio de voz, violão e piano, formado por Adélia Issa, Edelton Gloeden e Ricardo Ballestero. O Duo Ouvir Estrelas traz a produção camerística brasileira, principalmente de compositoras mulheres, na penúltima data da Série, dia 24. Por fim, encerrando essa programação, no dia 31 de outubro, o concerto “Carmina Burana Medieval – As Canções de Beuern (Séc. XIII)” traz o humor característico do período medieval mesclado ao horror relacionado ao medo do diabo ou à condenação ao inferno.

As apresentações são gratuitas e acontecem todos os sábados no Auditório do Sesc Vila Mariana, sempre às 18h30. A distribuição dos ingressos, para cada espetáculo, inicia-se com uma hora de antecedência na Central de Atendimento.


Audi Coelum, que se apresenta no dia 10/10 | Foto: Divulgação

•PROGRAMAÇÃO

Dia 5/9
Trio Betina Stegmann, Marcelo Jaffé e Sérgio Carvalho  

Dia 12/9
Rogério Tutti

Dia 19/9
Conjunto Camerístico USP

Dia 26/9
Atrio

Dia 3/10
Delphim Rezende Porto

Dia 10/10
Audi Coelum

Dia 17/10
In Questa Tomba Oscura – O Humor e o Horror na Canção de Câmara

Dia 24/10
Duo Ouvir Estrelas

Dia 31/10
Carmina Burana Medieval – As Canções de Beuern (Séc. XIII)

•GLOSSÁRIO

Entenda alguns termos utilizados na música erudita e que foram utilizados nos textos das apresentações.

Afetos: Termo difundido na estética musical do período barroco para designar emoções despertadas no ouvinte propositadamente por meio de recursos técnicos composicionais. A teoria estética que trabalhava com esse conceito é chamada Doutrina dos Afetos.

Canção de Câmara: A música de câmara é aquela composta para conjuntos musicais de pequeno porte, próprias para as salas (ou câmaras) dos palácios. A produção camerística pode ser instrumental ou vocal. Nesse último caso, em que a voz é parte da formação, o termo utilizado é Canção de Câmara.

Cantata: Gênero da música vocal, composta essencialmente por recitativos, árias e intervenções corais.

Códex: O mesmo que coleção de peças.

Lieder: Plural de lied, termo em alemão que significa “canção”. É a expressão utilizada para designar a canção alemã, gênero desenvolvido nos Séculos XVIII e XIX, que difere das canções de outras nações (como a chanson, ou canção francesa, por exemplo).

Música Absoluta: É aquela referenciada exclusivamente em elementos musicais, em contraposição à música descritiva, cujas referências são externas à música. As peças classificadas como música absoluta recebem títulos como Sonata, Trio e Adágio e são baseadas em recursos expressivos puramente musicais, ao contrário de peças descritivas, cujos títulos costumam sugerir ideias, sentimentos, ou mesmo cenas e paisagens.

Música Dodecafônica: Sistema de regras musicais criado no início do século XX para fazer oposição ao enfoque extremamente hierárquico desenvolvido no sistema tonal, em que uma nota é estabelecida como principal (tônica), e todas as demais têm sua importância medida de acordo com sua relação para com a mesma. Na música dodecafônica, busca-se atribuir igual peso a cada uma das doze notas, proibindo-se a repetição de qualquer uma delas antes que todas as demais sejam tocadas. Essa equanimidade entre as notas leva a melodias pouco previsíveis, cuja expressividade é surpreendente.

Onomatopeias Instrumentais: Esse não se trata exatamente de um termo musical, mas sim emprestado da literatura. As onomatopeias são palavras que imitam sons do mundo tridimensional, sejam sons da natureza, sejam outros ruídos. Muitos compositores buscaram reproduzir sons extramusicais, tanto em músicas exclusivamente instrumentais, quanto em peças vocais.

Performance Historicamente Orientada: Trata-se de uma abordagem de execução musical, utilizada principalmente na música renascentista e barroca, em que o intérprete busca, a partir de pesquisa em documentos e tratados de época, aproximar ao máximo sua performance da que era realizada no período em que a música foi composta, procurando uma sonoridade autêntica.

Romantismo: Período da história da arte contido entre o final do Século XVIII e meados do Século XIX, caracterizado, dentre outras coisas, pelo rompimento com a razão própria do iluminismo, abraçando a subjetividade, a imaginação e a espontaneidade como materiais de criação. No que se refere ao universo musical, esse foi o momento da valorização do intérprete que, antes considerado empregado das cortes, agora se tornava herói nacional.

Timbre: Qualidade peculiar a cada som que permite diferenciar duas vozes ou instrumentos distintos quando, por exemplo, tocam ou cantam uma mesma nota. Diferentes timbres são obtidos a partir de instrumentos feitos com formatos, tamanhos e materiais diferentes, e podem resultar em sonoridades mais aveludadas, mais estridentes, encorpadas, opacas, etc. Composto por um grande número de tubos com construções distintas entre si, o órgão é o instrumento com a maior possibilidade de variabilidade timbrística dentre os instrumentos ocidentais.

Virtuosismo: Termo utilizado para designar a extrema habilidade e destreza artística. Quando se fala de repertório virtuosístico, faz-se referência a peças de grande dificuldade técnica que transparece no brilhantismo de sua sonoridade.

o que: Série Concertos - Humor & Horror
quando:

De 5/9 a 31/10, sábados, 18h30

onde:

Sesc Vila Mariana | Rua Pelotas, 141 | 11 5080-3000

ingressos:

Grátis. Com retirada a partir das 17h30, na Central de Atendimento

 

Outras programações