Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

A Lua e seus mitos

Há exatamente meio século o homem pisou em um território jamais antes explorado. Foi em 20 de julho de 1969 que Neil Armstrong, Michael Collins e Buzz Aldrin, a bordo da Apollo 11, pousaram na superfície lunar. Um feito histórico, contudo, a façanha não trouxe respostas à grande parte do público admirador desse satélite natural.

A curiosidade do homem pela lua vai além de fatores físicos e cientificamente comprovados, levando a humanidade à concepção de diversas crenças e mitos. Sabemos por exemplo sobre a influência exercida pela lua no caso das marés. Mas haveria algo a mais? Será que esse objeto celeste também contribui para a agricultura? Ou influência realmente no corte de cabelos? A Eonline fez essas e outras perguntas para o astrônomo e físico, Emerson Peres. Dá uma olhada nesse bate papo aí.

Eonline: O ser humano tem uma relação de admiração e curiosidade com esse satélite natural, o que despertou ao longo dos séculos uma série de mitos, entre eles, o de que as fases da lua influenciam na agricultura e até na pesca. O que a ciência tem a dizer sobre isso? É possível afirmar que existe mesmo essa influência?
Existem várias pesquisas realizadas neste sentido de tentar comprovar se há alguma influência Lunar na agricultura e pesca ao longo de décadas. Algumas relações foram encontradas, por exemplo, na pesca em Lua Cheia durante a noite há uma probabilidade de se conseguir uma quantidade maior de peixes devido à iluminação provocada por esta fase da Lua fazendo com que mais espécies de peixes se movimentem para buscar alimentos do que na fase de Lua nova.

Eonline:  E no corte de cabelos? Sabemos que é de conhecimento comum a crença de que cortar os cabelos na lua crescente auxiliaria no crescimento dos fios.
Infelizmente não há comprovações que indicam a influência de uma determinada fase lunar nos cortes de cabelos. Este é um dos grandes mitos lunares!

Eonline:  Os mais antigos diziam que até mesmo no nascimento dos bebês esse objeto celeste influenciaria, o que a ciência diz sobre isso?
Este é outro grande mito lunar. Se fizermos uma análise em gráficos de maternidades que mostram a quantidade de nascimentos de bebês e fase lunar, veremos que o gráfico é praticamente linear, ou seja, não indica estatisticamente um aumento ou diminuição na quantidade de nascimentos de acordo com cada fase lunar!

 

Eonline: Qual a influência da lua sobre as marés, como ocorre esse fenômeno?
Este sim é um fenômeno físico gravitacional. A Lua exerce influência gravitacional sobre nosso planeta, assim como o Sol também o faz. Efeito de marés é a soma dessa força gravitacional do Sol e da Lua sobre a Terra. O fenômeno das Marés é o movimento provocado por esta ação gravitacional sobre a atmosfera terrestre, sobre a parte líquida da Terra e também sobre a porção sólida de nosso planeta. Nas águas dos oceanos é onde notamos mais este efeito, principalmente para quem reside em cidades litorâneas que percebem o fluxo das águas nas praias com a chamada subida e descida de marés.

Eonline: A lua está na órbita da terra? Como funciona essa força gravitacional? (O professor já deve ter ouvido aquela típica pergunta: Porque a Lua não cai na terra?)
A Terra atrai a Lua como a Lua atrai a Terra! Ambos estão agindo gravitacionalmente. O fato da Lua não cair na Terra ou mesmo a Estação Espacial Internacional também não cair em nosso planeta, ocorre devido à velocidade com que estão orbitando suas respectivas trajetórias! Se por exemplo, diminuirmos a velocidade com que a Estação Espacial Internacional está agora, ela começará a “cair” em direção à superfície da Terra pela ação gravitacional terrestre. A velocidade que se movem é que equilibra a órbita dos corpos celestes, nem deixando cair e nem deixando escapar para longe de nós, saindo literalmente na chamada “fora de órbita”!

Eonline: É verdade que a cada ano esse satélite natural está se distanciando da Terra? Como isso acontece?
Sim está! Isso ocorre devido à perda de energia do Sistema Terra-Lua. Enquanto a Lua orbita o baricentro (centro comum gravitacional entre os corpos) desse sistema, o efeito de marés e as velocidades de rotações tanto da Terra como da Lua exercem efeitos na velocidade do sistema como um todo, fazendo com que a Lua lentamente se distancie da Terra, cerca de em média 2 cm por ano.

Eonline: Qual a importância desse satélite natural sobre a Terra? Como seria a vida humana se não existisse a lua? Seria possível?
É difícil prever com exatidão como seria a vida na Terra sem a Lua. O primeiro fator seria a diminuição do efeito de marés, fazendo com que o movimento dos oceanos fosse bem menores e com isso os organismos dos mesmos sofreriam com a falta de movimentação de alimentos. Mas a vida sempre se adapta e evolui de acordo com as condições físicas de seu ambiente. Sem a Lua desde o início da evolução biológica em nosso planeta, com certeza a evolução teria ocorrido de maneira diferente se adaptando com as condições ambientais sem a Lua!

 

Eonline:  O Homem chegou mesmo à Lua em 20 de julho de 1969?
Está é outra pergunta clássica que gera “mitos lunares”. Estamos comemorando este ano (2019) os 50 anos da conquista da Lua! A resposta é bem simples e a abordarei durante a palestra com simplicidade! Não perca! Venham participar dos mitos da Lua!

Serviço

Emerson Perez estará no Sesc Birigui no dia 25 de julho, às 19h, falando sobre o tema: Os mitos da lua. A palestra faz parte da programação do "Cosmos", evento que promove reflexões sore a condição humana na terra e no universo. Para participar é de graça.