Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Os Desafios das Mulheres no Futebol

Atletas participaram do Sorteio das Cidades e falaram sobre suas trajetórias. Foto: Juci Fernandes
Atletas participaram do Sorteio das Cidades e falaram sobre suas trajetórias. Foto: Juci Fernandes

Que o futebol é o esporte mais popular e mais praticado no Brasil muita gente já sabe. Mas será que existem desafios maiores para as mulheres do que para os homens durante a infância e adolescência até se tornar uma atleta profissional? Elas buscam cada vez mais reconhecimento na modalidade e a quebra de tabus que ainda estão culturalmente enraizados em muitas pessoas. Cada uma, com sua trajetória, encontrou o caminho.

Confira na entrevista que a EOnline fez com as atletas da modalidade Agustina Barroso, jogadora do Audax Osasco Futebol feminino, e Daniela Alves, ex-atleta com passagem por 11 anos pela Seleção Brasileira de Futebol Feminino. A conversa aconteceu durante o Sorteio das Cidades do Dia do Desafio, no último dia 7, no ginásio do Sesc Jundiaí.

Elas nos contaram sobre os obstáculos das mulheres até chegar ao profissionalismo e os desafios de quem busca jogar em um time grande, quebrando barreiras contra preconceitos e estereótipos. Daniela nos conta da superproteção da mãe e sobre o início, quando seu pai não aceitava sua participação em um esporte que considerava masculino. Foi com o apoio dos tios que ela conseguiu convencê-lo, fazendo com que depois ele se tornasse seu maior fã. "Ele até brigava comigo se eu não fosse jogar", conta.

Nem sempre as histórias são parecidas com a de Daniela, no caso da Agustina, sua mãe a incentivou quando era criança. "Eu jogo futebol desde os seis anos e foi a minha mãe que me levou pela primeira vez pra jogar. Às vezes elas não são as que querem, mas a minha foi a primeira".

A prática do esporte mudou a vida delas, que encontraram na modalidade uma forma de desenvolver suas habilidades e se tornarem mais fortes. Para quem ainda pensa que as mulheres são frágeis, Daniela mostra exatamente o contrário, afirma que elas não tem "mimimi", encontram força onde nem sabem que existem para resolver problemas. Já Agustina diz que maior que a preguiça são os seus objetivos no esporte.


 

 

Faça como estas atletas! Encontre uma atividade físico-esportiva que vai te fazer superar todos os seus desafios. Comece participando da maior campanha mundial de incentivo à pratica de atividades físico-esportivas, que acontece na última quarta-feira de maio em milhares de cidades e dezenas de países.  

Outras programações