Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Cia. Navega Jangada comemora 10 anos

ilustrações de Deborah Erê
ilustrações de Deborah Erê

A jangada, uma das embarcações mais simples de ser construída, parte do anseio e desejo de desbravar novos mares. Além dos ventos que sopram nas velas, a jangada depende de remadores dispostos a remar por águas desconhecidas ao lado de grandes navios. Em 2008, após cursos técnicos em artes dramáticas, faculdade de artes cênicas e vivências artísticas em diversas áreas, a atriz Talita Cabral, ao lado do produtor musical Rodrigo Régis, decidem construir e velejar sua própria jangada. Tem início a Cia. Navega Jangada de Teatro, que neste ano completa 10 anos com espetáculos que exploram as mais variadas linguagens artísticas. Um trabalho constante de pesquisa e referências do teatro de animação, circo, teatro popular, música ao vivo, corporalidade do ator em cena e técnicas de linguagem não verbal na construção de narrativas para todos os públicos.

"Iniciar os meus estudos teatrais aos 11, ter feito minha primeira direção de teatro amador aos 14 anos, fundar a Cia. Navega Jangada de Teatro aos 24 anos e, tudo isso, na minha cidade Santo André. Hoje poder estar no Sesc Santo André aos 34 anos comemorando os 10 anos de Cia. com essa linda Mostra, é algo que me faz ter certeza que navegamos e navegaremos com nossa jangada por pequenas ondas, por mares calmos, por mares bravios, por altos mares, sempre, sempre com muita força pra remar, com amor pelo nosso fazer artísitco. A curiosidade pelas várias linguagens: teatro de animação, circo, teatro popular, canto, enfim, tudo que fosse vento para nossa embarcação seguir pelos mares. E seguiu". Disse Talita Cabral.

Para compartilhar sua história e navegações artísticas desses 10 anos, a Cia. Navega Jangada apresenta no Sesc Santo André uma série de obras durante os meses de maio e junho, com repertório de espetáculos infantis e contações de histórias. A companhia busca aflorar a sensibilidade do público infantil e adulto com enredos e trilhas sonoras únicas, compostas individualmente para cada trabalho, convidando o público a embarcar em sua jangada de aventuras e preencher com arte e fantasia as lacunas que surgem no imaginário de cada um.

Desde sua criação, a Cia. Navega Jangada realizou diversos projetos e temporadas de espetáculos. Participou durante quatro anos do Festival de Teatro de Bonecos em São Paulo, sendo convidada em 2015 para integrar a programação com o espetáculo Balonário – o balão do imaginário, em comemoração aos 15 anos do Festival. Em abril de 2016, estreou o espetáculo Temos Vagas, comandado por palhaços que constroem a narrativa unindo circo, teatro e música. Como resultado de profundas pesquisas do teatro de animação, a companhia estreou em junho de 2017 o espetáculo A Pequena Semente do Tempo, uma reflexão poética sobre encontro de gerações, tempos, chegadas e partidas.

Ao longo de seus 10 anos de história, a Cia. Navega Jangada já percorreu diversas unidades do Sesc São Paulo, como Sesc 24 de Maio, Santo Amaro, Ipiranga, Vila Mariana, entre várias outras. Realizou projetos de arte-educação com oficinas e intervenções em unidades do Sesi São Paulo e do CEU, além de obras apresentadas em temporadas no Teatro Municipal de Santo André, Teatro Martins Pena, Biblioteca Villa-Lobos, entre locais importantes do radar cultural paulista.

Para conferir a programação completa do especial no Sesc Santo André, clique aqui.

Outras programações