Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Encontros no Sesc Pompeia debatem a obra de grandes sambistas

Moisés da Rocha, idealizador do Samba & Academia e apresentador do programa “O Samba Pede Passagem”
Moisés da Rocha, idealizador do Samba & Academia e apresentador do programa “O Samba Pede Passagem”

Um compositor consagrado na história do samba. Um cantor que possui um álbum dedicado a esse sambista. Um pesquisador do trabalho desse artista. Adicione a melodia de instrumentistas que acompanha o decorrer da atividade. Foi com essa receita que Moisés da Rocha, apresentador há 40 anos do programa “O Samba Pede Passagem”, da rádio USP FM, idealizou o projeto Samba & Academia. Entre outubro e novembro, o Sesc Pompeia recebe uma série de encontros para analisar as obras e a vida de importantes nomes desse gênero tão intrínseco à cultura brasileira.

Uma das maiores preocupações de Moisés foi reunir nesses encontros a obra de compositores do primórdio do samba às vozes de artistas contemporâneos, “acrescentando através de um olhar musical, toda a complexidade envolvida no processo de criação do disco”.

O projeto aborda, em cada uma de suas edições, os trabalhos de Antonio Candeia Filho (03/10), Padeirinho da Mangueira (17/10), Ismael Silva (31/10), Nelson Cavaquinho (07/11), Zé Keti (14/11), Adoniran Barbosa (21/11) e Batatinha (28/11).

O Samba & Academia tem o objetivo de contribuir para a reflexão e a resistência cultural desse gênero musical e veio da preocupação com o “desaparecimento do pensamento crítico e a absorção do samba pela indústria cultural”, explicou Moisés.  Dessa forma, se destaca a importância do trabalho acadêmico dos pesquisadores que participam das conversas, fortalecendo a resistência dessa expressão artística e cultural. As conversas são uma forma de difundir e democratizar as reflexões e análises sobre esses artistas e também uma forma de emergir nas obras e trajetórias deles.

Outras programações