Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Conheça o “prédio verde” do Sesc Sorocaba

Primeira unidade do Sesc SP a receber a certificação LEED – Leardership in Energy and Environmental Design (Liderança em Energia e Design Ambiental), o Sesc Sorocaba é considerado um “prédio verde” (construções que tiveram, na sua concepção, construção e operação, o uso de conceitos e procedimentos reconhecidos de sustentabilidade ambiental) e é equipado com elementos de sustentabilidade que proporcionam uma interação mais harmônica com o meio ambiente, dentre eles, as áreas verdes.

Nós vamos falar sobre a certificação mais pra frente, mas agora queremos te convidar a fazer um passeio pela unidade que recebe a 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade. Vamos juntos conhecer os mecanismos sustentáveis do prédio?

Áreas Verdes

Foto: Lilian Ambar

Com 507m2 de cobertura de área verde, a edificação do Sesc Sorocaba possui um projeto de paisagismo sustentável que organiza espécies dentro do espaço. Logo na entrada da unidade, você se depara com um wetland – Sistema Alagado Construído – que conta com plantas aquáticas em tanques com água proveniente da captação da chuva nos telhados. Lá estão espécies como a Ninfeia Rubra e o Papiro, plantas que têm a função de reter nutrientes em suas raízes e auxiliam no tratamento da água. Peixes, como o guaru e o lambari, fazem o controle das larvas de insetos que estão na água.

Ervas, plantas e flores


Foto: Mirella Ghiraldi

A unidade possui dois ervanários, um deles está localizado em frente ao ginásio e o outro atrás da Comedoria, com espécies variadas de plantas aromáticas, medicinais e PANCs (plantas alimentícias não convencionais): babosa, manjericão, alecrim, urucum, capuchinha, entre outras. Há também no Sesc Sorocaba um orquidário com plantas como a baunilha e as catleias. Além disso, resíduos de podas de árvores, corte de grama e limpeza dos jardins de ervas são coletados e armazenados em composteiras.

Consumo consciente
A redução do consumo de água foi projetada com a adoção de dispositivos inteligentes de irrigação e mini-estação meteorológica capaz de prever a situação das chuvas e da captação das águas pluviais. Uma das grandes inovações implementadas no Sesc Sorocaba é o sistema de reaproveitamento da água da chuva, chamado de “Caminho das Águas”.

Caminho das Águas


Foto: Lilian Ambar

Ao andar pelo prédio, você encontrará várias placas que sinalizam todas as etapas do “Caminho das Águas”, percurso da água da chuva, que é coletada e reutilizada para limpeza, nos espelhos de água, para regar as plantas e na descarga dos banheiros. Estas ações fazem parte de um programa de economia e redução no uso de recursos naturais e reforça o caráter educativo das ações do Sesc SP.

No “Caminho das Águas” estão os telhados de vidro com forma piramidal, ponto de partida na coleta da água da chuva, que passa por canaletas, tubulações, desce até uma grande caixa subterrânea, a cisterna, onde fica guardada. A partir daí, é realizado o tratamento, que acontece em grandes tanques que contêm plantas, algas, peixes e micro-organismos que removem as impurezas da água, como dissemos anteriormente.

Placas solares

Foto: Pedro Vanucchi

Para aproveitar a luz natural, o prédio conta com amplas janelas, refletores espalhados estrategicamente pelo espaço que potencializam a iluminação das poucas lâmpadas acesas. Todo o vidro usado absorve menos calor do sol que os vidros comuns, o que deixa o ambiente mais fresco sem precisar de ar condicionado. As fontes de energia também são variadas. De 60% até 70% do aquecimento de chuveiros e piscinas provêm de placas solares.

Telhados verdes
No quesito de conforto ambiental, foi adotado na unidade o uso de telhados verdes, que proporcionam melhor conforto interno e também contribuem para a redução de ilhas de calor e da poluição luminosa.

Paraciclos
A mobilidade também faz parte da sustentabilidade do Sesc Sorocaba. Nos estacionamentos e na Convivência do Ginásio, há 78 vagas para bicicletas. Há ainda tomadas para carregamento de veículos elétricos e vagas reservadas para quem dá carona solidária ou para carros com baixa emissão de poluente.

Descarte de resíduos

Foto: Mirella Ghiraldi

O estímulo à redução de resíduos é mais uma ação sustentável do Sesc Sorocaba e faz parte do programa Lixo: Menos é mais, que busca diminuir a geração de resíduos e destiná-los corretamente. Tanto nas áreas internas (denominadas de estações de trabalho) como nas áreas comuns ao público frequentador, há  coletores seletivos de resíduos – nas categorias de recicláveis e não recicláveis, devidamente sinalizados, para que todos frequentadores da unidade tenham a possibilidade de descartar seus resíduos de forma ambientalmente adequada.

Há ainda um Ponto de Descarte de Resíduos Eletroeletrônicos, onde equipamentos quebrados, como celulares, monitores, CPUs, impressoras e tablets terão a destinação final ambientalmente adequada.

#Certificação LEED

Foram estes quesitos, além de outros, como o padrão construtivo adotado desde o início de seu projeto, que resultaram na certificação do Sesc Sorocaba como um edifício construído com princípios de sustentabilidade.

A certificação LEED, que é uma das mais disseminadas no mundo e avalia todo ciclo construtivo do projeto à obra e da obra à futura operação do empreendimento, pode ser obtida mediante uma pontuação cuja soma classificou o empreendimento do Sesc Sorocaba segundo padrão “Ouro”. Esse nível de certificação atesta que houve reduzido impacto ecológico em área urbana, tanto na prevenção da poluição do solo quanto do ar e da água, durante a sua construção.

Agora que apresentamos o Sesc Sorocaba, que tal vir pessoalmente conhecer a unidade e participar da 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade. Clique aqui e faça sua inscrição.

Outras programações