Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

As Comedorias também dão show na Virada Cultural

A polenta cremosa com ragu de carne está no cardápio do Sesc Ipiranga<br>Foto: Guilherme Sousa
A polenta cremosa com ragu de carne está no cardápio do Sesc Ipiranga
Foto: Guilherme Sousa

Já é tradição: na Virada Cultural, as Comedorias entram no clima da festa criando cardápios tão diversos quanto a programação das unidades. Neste ano, a viagem culinária começa no Norte do país, passa pela arte psicodélica e termina com gosto de saudade e referências à TV brasileira de décadas passadas.

 

Conexão Norte/Nordeste

Dona de alguns dos sabores mais marcantes do país, a região Norte é tema da programação do Sesc Carmo. Inspirados pelas memórias de Rosinaldo, cozinheiro da unidade que nasceu no Pará e viveu no Amazonas durante a maior parte da sua vida, a Comedoria serve farofa de filhote com farinha Uarini e banana pacovã. Se por aqui a preparação fará as vezes de jantar, Rosinaldo conta que a tradição amazonense é comer a iguaria no café da manhã.

Farofa de filhote com farinha Uarini e banana pacovã – Sesc Carmo

 

Além da preparação especial disponível na Comedoria, a unidade realiza uma atividade com Amanda Vasconcelos, do restaurante Casa Tucupi. Ela apresentará um tradicional prato acreano: baixaria. Com pão de milho, ovo frito, carne moída e uma salada de poucos ingredientes, o prato faz sucesso nas mesas acreanas, principalmente nos mercados onde todos se encontram nas madrugadas depois das festas.

O Sesc 24 de Maio faz a ponte com Salvador recebendo Rafael Spencer na edição especial do projeto Chef Convida. Rafael comanda o Sotero Cozinha Original, restaurante que tem a proposta de resgatar a cultura original da Bahia. Durante a Virada Cultural, as criações do chef fazem parte do cardápio das cafeterias.

Acarajé - Sesc 24 de Maio
 

Descendo as ladeiras do Pelourinho Belenzinho, a Comedoria será palco do Olodum e de preparações capazes de matar a saudade de qualquer um que já tenha se deliciado em terras soteropolitanas. O cardápio inclui o tradicional bolinho de estudante, que é feito com tapioca granulada, coco ralado, açúcar e canela. Para dar aquela energia, tem bobó de camarão com arroz de coco e farofa de dendê. É bala!

Bobó de camarão com arroz de coco e farofa de dendê – Sesc Belenzinho

 

Se a Bahia é o estado mais africano do Brasil, o Sesc Pompeia reverencia essa rica cultura com a moqueca de banana da terra com purê de acaçá. Assim como o acarajé, o acaçá é um preparo tradicional do candomblé. Nesta versão, o purê que acompanha a moqueca é feito à base farinha de arroz, gengibre, leite de coco e sal.


Moqueca de banana da terra com purê de acaçá – Sesc Pompeia

 

Cruzando a divisa com a Bahia, chegamos em Pernambuco. A visita ao Sesc Itaquera fica mais doce com a cartola, sobremesa feita à base queijo coalho, banana e canela.


Cartola – Sesc Itaquera

 

Outras viagens...

No embalo da psicodelia, o Sesc Santana viaja nas cores e sabores, com a criação do brigadeiro azul de jenipapo e da limonada violeta, que é servida assim:


Limonada violeta – Sesc Santana

 

Você não está vendo coisas, a trasnformação é real! A limonada é feita com a base no chá azul feito a partir da PANC feijão borboleta. A este chá, na hora de servir será acrescentado o suco de limão que deixa a mistura com a cor violeta.

O Centro de Pesquisa e Formação buscou inspiração na vida e obra do dramaturgo espanhol Federico Garcia Lorca para a programação da Virada e trouxe para o cardápio preparações típicas do país do artista, como as tapas – aperitivos tradicionalmente servidos em bares e restaurantes. A preparação é composta por duas fatias de pão italiano, uma coberta com copa lombo defumado, nozes e damasco, e a outra com queijo do Serro artesanal, manjericão e tomate cereja.


Tapas – Centro de Pesquisa e Formação

 

Pra compartilhar

Também teremos petiscos perfeitos pra quem vai curtir a virada em grupo. No Bom Retiro, o trio de acepipes serve nachos acompanhados de guacamole, creme de queijo e pasta de feijão.


Trio de acepipes – Sesc Bom Retiro

 

Gostinho de tradição

Claro que não poderiam ficar de fora aquelas preparações que todo mundo já provou e que é sempre bom ter uma oportunidade de saborear de novo. Tem torta de frango no Sesc Santo Amaro, pizza marguerita no Sesc Vila Mariana, churros com doce de leite no Sesc Ipiranga, sanduíche de mortadela no Sesc Consolação, sanduíche de pernil no Sesc Pinheiros e bolo gelado de coco no Sesc Interlagos.

 

Boia quente na madrugada!

Varando noite a dentro, a Comedoria do Sesc Avenida Paulista usa as clássicas marmitas de alumínio para servir duas saborosas versões do mexidão, aquele arroz preparado com vários ingredientes que certamente já matou sua fome em alguma madrugada.


Mexidão – Sesc Avenida Paulista

No sábado, a Comedoria recebe uma aula especial de culinária, com o jovem chef Eduardo Prado. Eduardo vai ensinar as crianças a prepararem um lanche completo, inspirado em um dos quadros do programa X-Tudo, exibido na década de 90 na TV Cultura.

Estes são apenas alguns destaques dos cardápios preparados especialmente para quem escolher curtir a #ViradaNoSesc. A programação das unidades você encontra em sescsp.org.br/sescnavirada

Outras programações

Alimentação

Gosto da terra: os alimentos e suas propriedades e identidades culinárias - Arroz e feijão

Gosto da terra: os alimentos e suas propriedades e identidades culinárias - Arroz e feijão

SESC Vila Mariana

Saiba mais