Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Equilíbrio e resistência para além do corpo

Um corpo equilibrado é apenas um corpo que se mantém em pé? 
O ato de andar, por exemplo. Embora simples, exige uma combinação de fatores: equilíbrio, coordenação motora, força, velocidade adequada. Como todas as ações que nosso corpo já aprendeu, fazemos isso sem pensar, num gesto quase automático. É fácil esquecer que, para além do biológico, as capacidades físicas envolvem sentimentos, percepções e atitudes.

Durante a abertura do Sesc Avenida Paulista, fomos investigar limites e conexões entre nossas capacidades físicas e emocionais. Para isso, conversamos com quem leva corpo e mente ao limite: atletas medalhistas olímpicos.



#corpoágil 

Para a atleta de pentatlo moderno Yane Marques, que conquistou a medalha de bronze nas Olimpíadas de Londres em 2012, a agilidade é necessária não somente no esporte, mas também na tomada de decisões: “A vida da gente pede muito isso: ser ágil ao pensar, ao processar a ideia, e também ao executar”.


#corpoveloz

Para o velocista Robson Caetano, que é detentor da melhor marcar na prova dos 100 metros rasos desde maio de 1988, a velocidade fez com que ele se tornasse mais paciente. Ao saber lidar com a velocidade aprendeu a desenvolver a paciência e ser mais calmo nas situações da sua rotina, deixando a vida mais leve.


#corporesistente  

Kyra Gracie foi pentacampeã mundial de Jiu-Jitsu e a primeira mulher a conquistar faixa preta da modalidade. Hoje é comentarista e apresentadora esportiva nos canais Globo, Spotv e Combate. Ela falou sobre a resistência tanto no esporte quanto em sua rotina no jornalismo esportivo: “Tive que ter resistência para seguir na luta, virar faixa preta. Depois, para mudar de profissão, começar algo totalmente novo e me reinventar. Resistencia e persistência: é isso que move todo campeão, dentro e fora do tatame”.


#corpocoordenado  

O atleta de basquete Gui Deodato, que defendeu o Vasco da Gama na temporada 2018 da NBB, afirma que a coordenação motora é tão importante quanto a força física. Para ele, praticar esportes melhora a coordenação motora para a vida: “A gente usa muito do corpo em tudo, em todas as tarefas do dia, inclusive para dirigir”.


#corpoflexível

Representante da nova geração da ginástica artística brasileira, a jovem Isabel Barbosa conquistou duas medalhas de prata (solo e trave) em sua primeira participação em uma etapa da Copa do Mundo de Ginástica. Para ela, que sempre teve um corpo flexível, a flexibilidade é importante para lidar com as pessoas e se adaptar às diversas situações da vida.


>>> Quer saber mais sobre a abertura do Sesc Avenida Paulista? Acompanhe as novidades aqui.

Outras programações

Esporte e Atividade Física

Recreação Esportiva - Vôlei acima de 16 anos

Recreação Esportiva - Vôlei acima de 16 anos

SESC São Carlos

Saiba mais