Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

15 fatos que os ex Curumins não esquecem

Foto: álbum de lembranças de Guta Araujo (ex instrutora do Programa)
Foto: álbum de lembranças de Guta Araujo (ex instrutora do Programa)

Há 30 anos o Programa Curumim vem fazendo a sua história, e por meio da educação integral tem por objetivo o desenvolvimento da criança em seus aspectos: sociais, afetivos, culturais, emocionais e biológicos.

Neste mês de comemoração conversamos com 15 ex Curumins, que compartilharam as melhores lembranças da época em que frequentavam as unidades do Sesc em São Paulo. Argilas, jornais, acantonamentos, máscaras, bordados e tantas outras atividades nos levaram a uma viagem no tempo. Embarque com a gente!

 

1. "... a gente fazia radionovela. Eu cantava nessa época! Eu era afinada, perdi isso na puberdade e nunca mais voltou! Saudades" Júlia Nardim, 20 anos.

2. “Eu adorava!! O que mais me recordo são dos trabalhos com argilas e das gincanas no parque” Tatiana Modolo, 29 anos.

3. “Todos os acantonamentos e a rádio curumim estão ainda frescas na lembrança. Mas teve muitas atividades de escorregar na lona com sabão ao lado do campo, caça ao tesouro... Sem falar nas da oficina, sala de ginástica, piscina, que são impossíveis de esquecer” Fabrício Soares, 32 anos.

4. “Uma atividade que me marcou profundamente foi uma em que fizemos máscaras astecas em argila... as crianças saíram todas sujas, muitas nem conseguiram terminar suas máscaras, mas saíram felizes pela "viagem" e por terem mexido com argila” Alan Pablo, 34 anos.

5. “Hora do bordado...” Parruan Motta, 26 anos.

6. “Caça ao tesouro na noite de acampamento. Eram uns bloquinhos de concreto pintados de dourado espalhados pelo prédio todo do SESC Bauru! Aquilo que era infância! A oficina de arte também era ótima” Regis Santos, 36 anos.

7. “O tempo em que fui redator do jornalzinho” Fabiano Soares, 31 anos.

8. “A equidade de gênero. Sem distinções entre atividades "masculinas e femininas" Aline Del Nero.

9. “Com certeza foi uma confecção de quadros inspirados no Portinari, me lembro como se fosse hoje que eu fiquei com o quadro Menino com o carneiro... Todos aqueles quadros ficaram expostos por muito tempo no corredor da sala do curumim. Marcaram demais minha infância, até hoje quando vejo algum quadro de Portinari me lembro daquela atividade” Ana Silvia.

10. “Lembro dos acantonamentos e da festa junina com tema do café... essas atividades têm muita influência hoje na minha carreira docente e hoje eu entendo a importância dessas atividades direcionadas na formação do indivíduo. Muito grata por ter passado por essa experiência” Miquele Paez, 25 anos.

11. "Era o lugar que eu vinha ao invés de ficar em casa e eu fazia amigos, e brincava o dia todo. Jogava futebol e, como eu não ia pra rua jogar, aqui eu fazia isso" Gustavo, 13 anos.

12. “Lembro ainda da minha carteirinha azul com a foto colada. Tenho um amigo desta época que até hoje me lembra quando me perdi no Sesc Itaquera. Tenho outras recordações, como meu colete azul que ainda guardo. Também foi bem especial quando aprendi a nadar. O pouco tempo que passei no Curumim, me fez gostar tanto desta instituição que me estimulou a trabalhar nela” Estevão Denis Silveira, 26 anos.

13. "As atividades do Curumim eram bem diversificadas, era um espaço que não tinha preconceito, e nós, moleques, podíamos costurar, por exemplo, tranquilamente. Lembro que fiz uma bolsa para minha mãe. Também foi no Curumim que eu joguei capoeira pela primeira vez" Renato Moriconi.

14. “Eu adorava as brincadeiras que a gente fazia de ginástica olímpica, aprendi a dar estrela e tudo. Também me marcou muito a integração com as outras crianças. No Curumim até as crianças mais envergonhadas ficavam à vontade” Leandro Vicente.

15. “O que eu mais gostava de fazer eram as atividades de vídeo e de comunicação. Eu lembro de uma atividade que a gente fez ao longo das férias, que era fazer uma peça, fizemos o nosso próprio figurino e o cenário. Um dia a gente filmou e dizem por aí que ainda tem esta fita, mas eu nunca vi” Nadya Librelon, 32 anos.

 

Esta é uma matéria comemorativa aos 30 anos do Programa Curumim do Sesc São Paulo. Veja outras:

15 coisas que os Curumins querem falar sobre o Programa

É um imenso prazer falar do Programa Curumim

É festa no Curumim

Educar Hoje – Educação Integral e Cidades Educadoras

Quer saber mais informações sobre o Programa Curumim? Clique aqui.

Outras programações